sexta-feira, 7 de maio de 2021

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Façamos da interrupção um novo caminho

É preciso mandar embora a nossa vontade de ir embora, transformando-a em calma e na paz que merecemos.

quinta-feira, 28 de maio de 2020

t

F Nietzsche dizia que "não há fatos eternos, como não há verdades absolutas." Ainda bem que tudo pode mudar! Aliás, tudo já está diferente. Na verdade, basta avaliar que nossos hábitos são outros, e muitos deles serão assim pra sempre. Isso mesmo: o que é ruim tem de ser jogado fora.

Em momentos difíceis parece que há um 'vale tudo' nas conversas e notícias onde vence quem traz mais novas tragédias. Não podemos, sem dúvida alguma, viver fora da realidade, pois há uma pandemia lá fora e precisamos ter cautela; tomar as medidas adequadas; observar o que a ciência nos impõe. Por mais que saibamos que só com a cabeça em ordem as coisas ficarão bem, como não entrar no "jogo do medo"?

É um truísmo para esses tempos: assistir a filmes e fazer exercícios físicos podem ser um começo. Já está tudo tão tenso e sem calor humano que vale a pena ser um pouco bobo pra ser mais feliz. Ajude alguém e não poste no instagram. Bons exemplos não só dignificam, mas trazem uma áurea positiva a você mesmo, principalmente se feito em silêncio. Cultive o bom senso e tenha esperança. Nunca vi ninguém conseguir alguma coisa sem acreditar que pode.

É preciso mandar embora a nossa vontade de ir embora, transformando-a em calma e na paz que merecemos. Sejamos mais Fernando Sabino e "façamos da interrupção um novo caminho".

_________

*Ney Castelo Branco Neto é sócio do escritório Maia e Castelo Branco Advogados.

t

Atualizado em: 28/5/2020 10:43

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

Publicidade