segunda-feira, 29 de novembro de 2021

MIGALHAS DE PESO

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. De Peso >
  3. O teste do Pitbull

O teste do Pitbull

"Quanto mais você tenta ser excepcional, mais comum você parece, porque todo o mundo está atrás da excepcionalidade".

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

(Imagem: Arte Migalhas)

(Imagem: Arte Migalhas)

Gaia, nos dizeres do próprio Juno é uma mulher inteligente, reservada, honesta, responsável e de companhia agradável, etc mas, nem por isso deixou de ser colocada à prova, por ele, após aceitar o seu convite, numa linda manhã de sábado em que o vento soprava a favor, entre campos, arbustos e montanhas. Ela se preparou toda saltitante.

O sol sorria radiante, o dia era iluminado e colorido, e o céu estava impecavelmente azul, com poucas nuvens dançantes. Era um dia filtrado por lindos raios ultravioletas, ativo e convidativo, prestes a florescer amor, se não fosse à ironia, de um dia que era manhã, e logo outro dia.

As árvores exalavam seu perfume de maça verde, encantando o caminho das curvas, entre uma ultrapassagem e outra. A conversa era sobre nada, porém, os personagens conversavam, animadamente, sobre tudo. Aparentemente, tudo caminhava bem, ao menos é o que parecia.

Chegaram-se ao destino em meio à natureza ridente, um lugar calmo e de quase nenhuma habitação humana, a não ser o cantar dos grilos, o voo dos pássaros, e as visitas dos mosquitos que deixavam-no, em movimentação inquietante, abanando os braços, para espantarem aqueles tais, que cruzavam o momento, rodeados a capins, matos e gravetos dobrados, à frente, um horizonte misterioso.  

Juno, um homem 'boa pinta', autossuficiente, politicamente correto, porém, um egoísta obcecado por si mesmo, desenraizado da terra, que fala com 'propriedade' daquilo que ainda não viveu. Quem vê pensa "o cara é experiente na área". Que nada!  Ele fala daquilo que os outros viveram, e contaram para ele que não deu certo, que aquela tal parada, era uma cilada.

A questão é que Gaia e Juno não foram passear sozinhos, com eles foram os amigos de Juno, o seu cão Pitbull e à sua cadela Blue Heeler.  Enquanto, esses 'animais de estimação', estiveram longe de Gaia, esta conversava, descontraidamente, com o seu possível pretendente.

Todavia, ao sentir nos pés à terra firme, quando aqueles cães selvagens e imprevisíveis a olharam milimétrica e fixamente nos olhos, esta, foi tomada por uma onda de calafrio que lhe subiu à espinha dorsal, apanhada pelo medo de ser estraçalhada e perder à sua vida, em instante, por aquelas presas impositivas, que estavam prontas para atacar.

Ela, meiga, de boas intenções, muito sensata e cautelosa, logicamente, que não foi passar as mãos na cabeça daqueles que à primeira vista eram seus amigos, já que o 'amigo do meu amigo, meu amigo é'.  Hum...

A verdade, é que Gaia não estava com aquela empolgação, mas, resolveu dar uma oportunidade ao convite de Juno, que outrora já a havia convidado para outros passeios, todos recusados, por falta de interesse. Assim, preferiu não se arriscar!

Após a volta, Juno sumiu. Intrigada, Gaia o cutucou, ao passo que ele disse que não seria possível um "relacionamento entre eles, vez que ele havia se desestimulado, tendo em vista que ela não havia passado no teste do Pitbull pois, quem manda lá na sua casa, são os seus cães de estimação, e quem com ele quisesse se relacionar, teria primeiro que, se relacionar com à sua prole de raça''. 

Tal crônica narrativa, se não fosse esquisita seria até cômica.

O ser humano é complexo e estranho. Cada um de nós temos à nossa esquisitice, mas têm alguns que superam e saem em disparada, e sinceramente, é melhor deixar que o tempo que passa depressa, lhe mostre à realidade, até porque não podemos mudar ninguém, embora, grandes mudanças aconteçam a todo instante.  

O certo é que o que, verdadeiramente, temos em nossas mãos, é a nossa vida, portanto, façamos com que ela se torne o mais interessante possível, contudo, antes de qualquer - possível encontro - atente-se, para as possíveis pegadinhas apresentadas, pois, dependendo, já nem desperdice o seu precioso tempo, ainda mais ser o tal, não for "o cara", pois, consoante, disse Osho, "quanto mais você tenta ser excepcional, mais comum você parece, porque todo o mundo está atrás da excepcionalidade".

_________

*Gisele Nascimento é advogada.

t

Atualizado em: 16/11/2020 12:10

Gisele Nascimento

VIP Gisele Nascimento

Advogada, Especialista em Direito Civil/Processo Civil, pela Cândido Mendes, pós-graduanda em Direito do Consumidor, pela Verbo Jurídico e Direito Previdenciário, pela EBRADI.