MIGALHAS DE PESO

  1. Home >
  2. De Peso >
  3. Migalhas de peso >
  4. O risco de ser senhorio nos EUA em um futuro próximo

O risco de ser senhorio nos EUA em um futuro próximo

Devido a agenda democrata e por que não dizer socialista ESG que já chegou no Brasil, o investimento imobiliário nos Estados Unidos hoje necessita de muito mais atenção.

segunda-feira, 25 de julho de 2022

Atualizado em 26 de julho de 2022 11:11

Você brasileiro que pensa em ser investidor no mercado imobiliário nos Estados Unidos, seja qual for a cidade ou estado, em futuro não muito longínquo, sugiro que você considere a sua estratégia, caso queira se tornar senhorio adotando como dona do imóvel ou uma corporação ou uma LLC Limited Liability Company, uma modalidade muito conhecida dos brasileiros.

Antes que você pergunte, por que? Te respondo.

Não podemos esquecer que hoje os Estados Unidos estão sobre um governo democrata, que de maneira desesperada devido a uma agenda socialista, estão implantando um programa chamado ESG - Enviroment, Social e Governance. Em português, Ambiente, Social e Governança.

A Califórnia que é um estado predominantemente democrata e formador de opinião, está lançando um projeto, onde as corporações e LLC's, donas dos imóveis que os mantém vazios, irão pagar uma taxa!

As cidades californianas de Oakland e San Francisco, já destruídas pelos democratas, implantaram tal medida. Agora segue a cidade de Berkeley, também na Califórnia.

A saber, uma pequena propriedade está pagando em média mais US$ 3 mil dólares por ano, e uma propriedade de porte, de US$ 6 à US$ 12 mil dólares por ano!

Você acha que esses valores serão repassados aos inquilinos? Só estou perguntando!...

No Condado de Miami-Dade na Flórida, a legislação já está dilatando mais ainda o prazo de despejo para o inquilino devedor!

Os democratas estão puxando esse projeto que muitos até mesmo denominam, projeto habitacional, para acomodar todos aqueles que buscam uma moradia.

Mas para quem acompanha política, sabe muito bem que a proposta, apesar de ser bem antiga, não é habitacional mas sim partidária; e está ganhando tração a cada dia!

Estamos dizendo que investir em imóveis é ou será um negócios ruim? Claro que não! Mas todo cuidado é pouco daqui para frente!

Vários fundos de investimentos que possuem um portfolio imobiliário robusto, que com certeza tem informações que nós mortais não temos, já começaram a vender dezenas e ou até mesmo centenas de unidades imobiliárias.

Por que será? Antecipação de uma possível recessão ou preocupação com o ESG conforme alguns analistas já comentam?

Que a relação inquilino e senhorio vai mudar, isso ninguém duvida. Tudo leva a crer que vai beneficiar e muito o lado mais fraco: o inquilino. Se bem que com a mudança, ele o inquilino passará ser o lado mais forte. Pense nisso!

O brasileiro que investe em imóveis, terá que fazer muitas coisas que não está acostumado a fazer, ou porque não gosta ou porque não sabe devido a barreira da língua.

Sair da zona de conforto, viajar e muito para conhecer bem de perto as oportunidades, será um must.

Da mesma maneira mesmo que o brasileiro resista, ele terá que aprender a trabalhar com o governo americano.O investidor brasileiro terá que rever a sua estratégia. Isso é fato!

Caso contrário, o risco de não ter o retorno desejado, ter gastos desnecessários e ter dores de cabeça com inquilinos em uma dimensão que ele nem imagina, é muito grande.

Richard W. Sanchez

VIP Richard W. Sanchez

Brasileiro Consultor Empresarial EUA. MKT e Vendas. Palestrante. Blogger. YouTuber.

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca