domingo, 20 de junho de 2021

MIGALHAS QUENTES

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Relatório global do Instituto Vanson Bournee McAfee trata das Economias Clandestinas

Publicidade

Relatório global do Instituto Vanson Bournee McAfee trata das Economias Clandestinas

Foi concluído um estudo de abrangência mundial que analisa a economia digital secreta (Cyber Underground Economy), a fim de contribuir com a abordagem dialética e discussão sobre cibercrime. O estudo, intitulado Underground Economies, será suporte para a pesquisa global do Instituto Vanson Bourne, dos Estados Unidos e McAfee.

quinta-feira, 31 de março de 2011


Cibercrime

Relatório global do Instituto Vanson Bournee McAfee trata das Economias Clandestinas

Foi concluído um estudo de abrangência mundial que analisa a economia digital secreta (Cyber Underground Economy), a fim de contribuir com a abordagem dialética e discussão sobre cibercrime. O estudo, intitulado Underground Economies, servirá de suporte para a pesquisa global do Instituto Vanson Bourne, dos Estados Unidos e McAfee.

O advogado Coriolano Aurélio de Almeida Camargo Santos, do escritório Almeida Camargo Advogados, participou do renomado trabalho. Confira outros pesquisadores da OAB/SP que contribuíram para o estudo:

  • Erasmo Ribeiro Guimarães Junior

  • Marco Aurélio Florêncio Filho

Segundo o estudo, o capital intelectual e os dados corporativos são a mais nova moeda do cibercrime. Nesta seara, as soluções de proteção de dados tornaram-se mais sensíveis e críticas do que no passado, pois as ameaças são provenientes de dentro e fora da empresa.

O relatório foi divulgado à imprensa mundial nos últimos dia 28 e 29. Até este momento o referido estudo permaneceu em absoluto sigilo para garantir a inviolabilidade das informações e a independência dos pesquisadores.

Conforme foi informado ao longo do estudo por Simon Hunt, vice-presidente e CTO de Endpoint Security da McAfee, "hoje, com a economia mundial recuperando-se, as empresas ao redor do mundo estão tendo uma nova visão a respeito de seu capital intelectual, e quanto prejuízo existe devido à perda de dados e ataques cibernéticos. O capital intelectual abrange todo o valor que uma empresa deriva de sua propriedade intelectual, inclusive segredos comerciais, planos de marketing, pesquisas e desenvolvimento e de código fonte".

O relatório da McAfee avaliará o estado global da segurança corporativa, sobre a qual se observa certo despreparo quanto à proteção contra a sofisticação dos ataques gerados pela economia digital secreta do cibercrime. Estariam as empresas com políticas adequadas e com abordagens voltadas para esse cenário?

Para o relatório Underground Economies, "a McAfee está consultando especialistas de diversos países (representantes de agências governamentais locais, de forças-tarefas contra o cibercrime e especialistas que tratam de propriedade intelectual) sobre a forma como o capital intelectual e os dados corporativos tornaram-se a nova moeda de cibercrime".

Clique aqui e confira o estudo Underground Economies na íntegra, em português.

______________

_______________
__________

Leia mais - Artigos

  • 17/1/08 - Desafios do Direito Penal no mundo globalizado : A aplicação da Lei Penal no espaço - clique aqui.

  • 20/6/07 - Projeto de Lei de Cibercrimes precisa de mais transparência - clique aqui.

  • 31/10/06 - Cibercrime ameaça empresas públicas e privadas - clique aqui.

_______________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 31/3/2011 08:31

LEIA MAIS