Migalhas

Quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

ISSN 1983-392X

Na Toca dos Leões

Reduzida para R$ 1,2 mi indenização que Ronaldo Caiado receberá por citação em livro

Na obra Na Toca dos Leões - A História da W/Brasil, Caiado é retratado como sendo um cara "muito louco".

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Caiu de R$ 2,5 mi para R$ 1,2 mi a indenização por danos morais que o escritor Fernando Morais, o publicitário Gabriel Zillmeister e a editora Planeta do Brasil devem pagar ao deputado Federal Ronaldo Caiado. A decisão da 4ª câmara Cível do TJ/GO reformou, em parte, sentença da 7ª Vara Cível de Goiânia.

O deputado Federal alega que foi vítima de acusações inverídicas, de cunho calunioso, difamatório e injurioso, na primeira edição do livro "Na Toca dos Leões - A História da W/Brasil", publicado em 2005.

No livro, Caiado é retratado como sendo um cara "muito louco", por ter sugerido a adição de contraceptivo na água potável como forma de resolver o problema da superpopulação das camadas inferiores do Nordeste.

Em primeira instância, o juiz Ricardo Teixeira Lemos fixou a indenização por danos morais em um R$ 1 mi para a Editora Planeta e para Gabriel Zellmeister, e em R$ 500 mil para Fernando Morais.

No entanto, no julgamento de recurso, prevaleceu o voto do revisor e presidente da câmara, desembargador Gilberto Marques, que achou exorbitante a quantia e observou que ela fugia dos parâmetros sempre aplicados pela 4ª câmara Cível.

  • Processo: 9237735.2005.2.09.00051

patrocínio

últimas quentes