domingo, 5 de julho de 2020

ISSN 1983-392X

Promoção

Resultado do sorteio da obra "O Juiz e a Emoção"

Veja quem ganhou a obra "O Juiz e a Emoção".

terça-feira, 30 de julho de 2013

A obra "O Juiz e a Emoção" (LTr – 6ª edição - 196p.) estuda a importância dos atributos psicológicos do magistrado na decisão judicial. Lídia Reis de Almeida Prado mostra os reflexos desses atributos, em especial daqueles considerados femininos pela cultura, como o sentimento e a criatividade.

Escrito na década de 1990, este livro foi pioneiro em estudar, com base na Psicologia Junguiana. O livro é compatível com uma tendência da Filosofia do Direito do século XX, que salienta o papel do juiz na elaboração jurídica.

Sem seguir as diretrizes reducionistas do Psicologismo Jurídico, integra, numa postura interdisciplinar, os referenciais da Psicologia Analítica de Carl Gustav Jung e seguidores com os de jusfilósofos que se abrem para o exame de influências de fatores psíquicos, sociais, econômicos, religiosos e históricos sobre o Direito.

Esta obra deve ser entendida como um instrumento para a compreensão de um fenômeno jurídico básico, a prestação jurisdicional, a partir de uma reflexão a respeito dos predicados do arquétipo do feminino (denominado anima por Jung), que são muito importantes em qualquer decisão.

Sobre a autora :

Lídia Reis de Almeida Prado é mestre e doutora em Direito. Professora da USP e PUC/SP. Procuradora da prefeitura de SP e psicóloga.

__________

Ganhadora :

Thais Aparecida Moraes, de Arapongas/PR

__________

patrocínio

Advertisement

últimas quentes

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram