domingo, 17 de outubro de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Juiz afastado pelo CNJ aguarda retorno ao trabalho "bebemorando" na praia
Apelo

Juiz afastado pelo CNJ aguarda retorno ao trabalho "bebemorando" na praia

Magistrado sofreu um surto psicótico depois que teve a dose de seu antidepressivo dobrada.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

O juiz Federal substituto Marcelo Antonio Cesca, da 15ª vara Federal do DF, publicou mensagem no Facebook agradecendo ao CNJ pela demora em analisar seu pedido para voltar ao trabalho. Enquanto isso, ele aguarda o posicionamento do Conselho "bebemorando" na praia, na companhia de sua namorada de 19 anos, com salário integral.

Veja o post:

O magistrado foi afastado de seu cargo em novembro de 2011 após sofrer um surto psicótico decorrente do aumento da dose de seu antidepressivo, prescrito para um tratamento contra estresse pós-traumático. O CNJ abriu, então, procedimento administrativo para avaliar se ele tinha capacidade de voltar a atuar.

Em seu Instagram, Marcelo Cesca "lamenta" a situação: "2 anos e 3 meses sem trabalhar mais 106 dias de férias que ainda terei que usufruir... não é fácil viver no Brasil...".

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 17/2/2014 14:34