domingo, 28 de novembro de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Fim de validade de concurso em dia não útil gera prorrogação para dia útil subsequente
Nomeação

Fim de validade de concurso em dia não útil gera prorrogação para dia útil subsequente

TRE/DF entendeu válida nomeação em 10/7, sexta, cuja publicação se deu em 13/7, segunda - um dia depois do fim do prazo do concurso, no domingo.

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

O TRE/DF concedeu segurança para garantir a posse de candidata aprovada em concurso público para o cargo de analista judiciária, cuja publicação da portaria de nomeação teria supostamente ocorrido após o prazo de validade do certame - que expirava dia 12/7.

No caso, a nomeação ocorreu em 10/7, sexta-feira, e a publicação no DOU se deu em 13/7, segunda. Ocorre que a administração do tribunal expediu portaria no dia seguinte, terça-feira, tornando sem efeito o ato, o que motivou a impetração do MS.

Da análise do mandado, o relator, desembargador eleitoral Eduardo Löwenhaupt da Cunha, consignou que o prazo de validade de um concurso público possui natureza decadencial, mas a CF e a lei dos servidores públicos da união excetuaram essa regra ao viabilizar a possibilidade de prorrogação.

"A lei 8.112/90 foi expressa ao regulamentar essa exceção quando conferiu à contagem de todos os prazos administrativos nela previstos a natureza da contagem dos prazos processuais. Diante disso, se a validade de um concurso público terminar em dia não útil, esta restará prorrogada para o primeiro dia útil subsequente."

Ainda segundo o relator, a não publicação dentro do prazo de validade do concurso, caso assim se exija, é responsabilidade da administração pública, não podendo seus efeitos atingir direito subjetivo de terceiros.

O MS foi patrocinado pelos advogados Engels Augusto Muniz e Felipe Rocha de Morais.

  • Processo: 12372.2015.607.0000

Confira a decisão.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 21/9/2015 08:59