domingo, 31 de maio de 2020

ISSN 1983-392X

Dia da mulher

"Estou esperando o sócio", diz cliente a sócia-fundadora de escritório

Advogada conta difícil experiência que passou na profissão pelo simples fato de ser mulher.

sexta-feira, 6 de março de 2020

Uma pesquisa feita pela Women in Law Mentoring Brasil mostrou que as mulheres advogadas ainda estão longe de ocupar a posição de sócias nos escritórios de advocacia. De 3.715 advogados e advogadas entrevistados, apenas 34% das causídicas se encontram na posição de sócia de capital.

A advogada Rosely Cruz faz parte do pequeno grupo de mulheres que está na alta direção de escritórios de advocacia. Ela é sócia-fundadora da banca Cruz, Gregolin e Amaral Sociedade de Advogados, e experimentou de perto como é difícil ser advogada pelo simples fato de ser mulher.

Ao Migalhas, a advogada contou que em certa ocasião, no início de uma reunião com um potencial cliente, ela sugeriu que a conversa fosse iniciada e ouviu: “Estou esperando o sócio”. Veja:

Desafios

O caso contado no vídeo acima não foi o único momento difícil vivido por Rosely Cruz. Certa vez, quando era vice-presidente jurídica de uma empresa, ela se deu conta de que era a única mulher. 

"Eu não vejo um homem e uma mulher, eu vejo um ser humano. E é assim que eu gostaria de ser vista. Ser vista como um ser humano, independentemente de eu ser mulher."

A advogada chamou atenção para estudos que mostram a boa capacidade de liderança das mulheres em formar equipes melhores. Para ela, no entanto, ainda há desafios. 

______________

patrocínio

Advertisement

últimas quentes

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram