segunda-feira, 13 de julho de 2020

ISSN 1983-392X

Pandemia

Kakay defende responsabilização de Bolsonaro por disseminar coronavírus

Advogado falou em webinar do Migalhas de questões penais em tempo de pandemia.

quinta-feira, 26 de março de 2020

t

Em webinar realizado por Migalhas nesta quinta-feira, 26, o advogado Antônio Carlos de Almeida Castro (o Kakay) defendeu a responsabilização do presidente Jair Bolsonaro por disseminar o coronavírus.

Após a visita a Donald Trump, nos EUA, mais de 15 pessoas da comitiva presidencial foram testadas positivas na volta ao Brasil para a covid-19. Bolsonaro afirmou que seu exame deu negativo – mas não tornou o documento público. Há duas semanas, Bolsonaro ainda foi às ruas em protesto contra o Congresso.

Quero pensar em nós, advogados, pensarmos sim na responsabilização criminal do agente público que está irresponsavelmente levando a pandemia”, afirmou Kakay.

Lembrou ainda que os próprios ministros Moro (ministério da Justiça) e Mandetta (ministério da Saúde) editaram portaria que criminaliza a conduta de quem descumpre quarentena e auxilia na transmissão do vírus. “E aí? O chefe deles descumpre e pronto?” Para Kaky, não há dúvida de que o presidente pode ser responsabilizado pela conduta.

_____________

Para que o leitor encontre as notícias jurídicas específicas sobre coronavírus, reunimos todo o material em um site especial, constantemente atualizado. Acesse: www.migalhas.com.br/coronavirus

t

informativo de hoje

patrocínio

Advertisement

últimas quentes

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram