sexta-feira, 23 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Ministério da Justiça

Moro apresenta mensagens com Bolsonaro acerca da troca no comando da PF

Conversas são com o presidente da República e a deputada Carla Zambelli.

sexta-feira, 24 de abril de 2020

t

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro apresentou provas de que a troca de comando da Polícia Federal era uma pressão de Bolsonaro para interferência em investigações.

As mensagens trocadas com o presidente da República e com a deputada Carla Zambelli foram divulgadas na edição desta sexta-feira, 24, do Jornal Nacional.

Bolsonaro compartilhou com Moro link de O Antagonista, "PF na cola de 10 a 12 deputados bolsonaristas". E escreveu, em referência ao comando da Polícia Federal: "Mais um motivo para a troca". O ex-juiz Federal respondeu ao presidente da República que as investigações decorrem de ordem do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo. 

t

Já na troca de mensagem com Carla Zambeli, Moro afirmou que "não está à venda", após a deputada oferecer apoio por indicação do ex-magistrado a cargo no Supremo em troca de o então ministro aceitar Alexandre Ramagem no lugar de Maurício Valeixo.

t

Em tempo, o site Poder360 observou que Moro printou as imagens logo que as conversas ocorreram.

t

Sergio Moro acusou Bolsonaro, em seu pronunciamento de demissão, de ter falsificado sua assinatura na exoneração "a pedido" de Valeixo. Em resposta, o presidente afirmou que a demissão de Valeixo "não causou surpresa a quem quer que fosse".

Mas fato é que, no fim da tarde desta sexta-feira, 24, a exoneração de Maurício Valeixo foi republicada, sem a assinatura de Moro.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 25/4/2020 10:17