sexta-feira, 23 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Como captar clientes para projetos LGPD

Confira texto de Guilherme Barbosa, CEO da 3MIND.

quinta-feira, 22 de outubro de 2020

(Imagem: Pixabay)

(Imagem: Pixabay)

A Lei Geral de Proteção de Dados entrou em vigor em agosto de 2020 e mesmo com as multas pausadas até 2021, devido a crise econômica causada pela pandemia, tem sido um dos temas mais comentados do ano. Isso porque mesmo sem as penalidades imediatas todas as empresas precisam de adequar a nova legislação que tem como objetivo proteger os dados dos indivíduos.

Em linhas gerais a LGPD protege todos os dados de pessoas físicas e jurídicas captados em transações comerciais, ou não. Uma simples visita a portaria de um prédio comercial que necessita apresentação de RJ e CPF, além de foto para cadastro, pode gerar um compartilhamento de dados sensíveis e o indivíduo tem o direito de saber o que será feito com a sua informação, bem como pedir que seja deletada do sistema após sua saída do estabelecimento comercial.

Segundo dados da consultoria ICTS Protiviti cerca de 75% das micro e pequenas empresas do Brasil ainda não estão com processos adequados para a LGPD. Ou seja, empresários de todo o país então buscando na internet uma saída para adequar seus negócios as novas normas, mas esse processo precisa de uma assessoria jurídica e administrativa para evitar penalidades futuras.

Por isso neste conteúdo trazemos uma pesquisa sobre as palavras-chave mais procuradas quando o assunto é Lei Geral de Proteção de Dados e como usá-las em uma estratégia de marketing jurídico digital para captar clientes para projetos de LGPD.

Como os empresários estão buscando a LGPD na internet?

Entre as mais de 264 palavras-chave (formas de pesquisa diferentes) identificadas pelo público-alvo, destacamos algumas das 10 mais comuns e com melhor potencial de resultado a partir da palavra-chave: Lei Geral da Proteção de Dados.

1) Lei de proteção de dados;

2) Proteção de dados;

3) Certificação LGPD;

4) Lei de proteção de dados 2020;

5) LGPD quando entra em vigor;

6) Dados sensíveis LGPD;

7) Lei de segurança de dados;

8) Privacidade na internet e uso de dados de usuários;

9) Portabilidade de dados LGPD;

10) LGPD agentes de tratamento;

Perceberá que muitas das palavras guardam relação com a mesma intenção do usuário, e justamente a partir das semelhanças de pesquisa, o algoritmo do Google nos fornece o termo mais comum e utilizado entre os mesmos.

Em uma simples analogia, é como acontece em e-commerces como Amazon e Mercado Livre quando estamos comprando algo e somos surpreendidos com a seguinte mensagem "Os usuários que compraram este produto, também compraram estes outros".

Como gerar resultado a partir da palavra-chave Lei Geral de Proteção de Dados

Observe no print abaixo o resultado de pesquisas relacionadas ao utilizar a palavra-chave "Lei Geral de Proteção de Dados", são inúmeras combinações de palavras-chave utilizadas nas pesquisas.

Estimativa de tráfego total (palavras relacionadas acima) - 243.750

Estimativa de tráfego médio para um site posicionado na 1ª página de forma orgânica:

De 759 (última posição na 1ª página) a 14k (3ª posição - nessa palavra a 1ª e 2ª são .gov).

Atenção - observe pelo print acima que o volume total se refere especificamente a combinação de palavras-chave: Lei Geral de Proteção de Dados. Pequenas variações na combinação das palavras-chave poderão interferir para mais ou para menos neste resultado. Outra variação ocorre pelo posicionamento do seu site na 1ª página, lembrando que os primeiros recebem o maior tráfego.

A metodologia aplicada acima para exibição da perspectiva de tráfego, consiste na utilização de ferramentas para análise de tráfego de sites concorrentes, verificando o volume de acesso da primeira e da última posição organicamente, ou seja, sites que não estão pagando para aparecer na 1ª página.

Estimativa conservadora de contatos mensais (site na 1ª página) - 15 a 280 (até 2%).

Diversos fatores podem influenciar na perspectiva de resultado, entre eles, destacamos o chamado "senso de urgência" que leva o usuário a tomar uma ação imediata ou não sobre o problema e, principalmente, a experiência do usuário ao ler seu conteúdo - quanto mais se conectar com o problema do usuário, maiores serão suas chances de contato.

Estimativa de conversão em negócios para o escritório - o resultado poderá variar de acordo com a característica comercial do escritório, alternando também pela origem dos clientes e a possibilidade de fechar contratos jurídicos com clientes de outros estados. Exemplo: clientes da sua Cidade (mais facilidade de conversão), outros estados (menor conversão).

Google Ads para LGPD

A lógica financeira do Google Ads se assemelha ao funcionamento de um leilão e, de forma bastante resumida, quem oferecer o maior lance pela palavra-chave, leva! Mas, na prática, outros fatores também podem influenciar no valor cobrado pela ferramenta, incluindo a sua localização, qualidade do anúncio e a experiência do usuário em seu site.

Na prática, advogados em grandes Capitais como São Paulo e Rio de Janeiro, sofrerão com o leilão já inflacionado em suas regiões (oferta x demanda), podendo atingir até (R$ 38,00) 1 (um) único clique pela palavra-chave Advogado Empresarial.

Neste caso, calculando hipoteticamente o custo do tráfego dos sites posicionados na 1ª e na última posição orgânica (10ª posição da página), considerando o custo de (R$ 1,00) por clique, um escritório NÃO posicionado organicamente teria que desembolsar a seguinte quantia:

1ª posição no Google - R$ 14.000,00/mensais;

10ª posição no Google - R$ 759,00/mensais;

O posicionamento orgânico é um dos motivos de crescimento acelerado para diversos escritórios de Advocacia que enxergaram o potencial do Google ao iniciar suas ações de Marketing Jurídico.

Se você não puder esperar para obter um resultado orgânico, conte com os especialistas da 3MIND para aprender através dos nossos cursos ou para que a nossa equipe gerencie suas campanhas.

LGPD na 1ª posição do Google

Para ranquear o site do escritório de advocacia ou de um advogado na primeira página do Google quando a busca for LGPD ou termos relacionados é preciso uma estratégia de marketing jurídico digital baseada em 3 pilares básicos:

1. Skyscrapper ou análise da concorrência

O primeiro passo é pegar a lista de palavras-chave que mostramos no início deste artigo e analisar todas as páginas que já estão na primeira página do Google para estes termos.

Analise os seguintes dados de cada página:

  • DA ou Domain Score - Autoridade do Domínio
  • PA ou Page Score - Autoridade da Página
  • Tráfego do Domínio - número de visitas
  • Links - se possui links externos (ou seja de outros sites) que apontam para este conteúdo
  • Número de palavras de cada conteúdo
  • Títulos e Subtítulos dos conteúdos

Para obter esses dados você pode usar a ferramenta Ubersuggest, SEO Quake e Mozbar. Todas elas possuem versões gratuitas.

Quando terminar essa análise é hora de organizar o seu conteúdo!

2. Pilar Page e conteúdos satélites

Uma estratégia de conteúdo jurídico não pode ser embasada em apenas um texto, então vamos usar a lista de palavras-chave apresentada no início deste artigo para explicar a metodologia do Pilar Page.

A palavra-chave mãe ou pilar será a Lei Geral de Proteção de Dados, ou seja, ela será o Pilar Page do blog do escritório ou do advogado que quer ranquear para projetos de LGPD.

As outras nove variações serão usadas para a produção de conteúdos satélites, ou seja, vamos produzir os textos (com base na pesquisa de concorrência) e apontar com links internos para o conteúdo mãe, assim toda vez que aparecer a palavra "Lei Geral de Proteção de Dados" nos textos satélites, ela terá um link que vai levar o usuário para o conteúdo mãe.

1) Lei de proteção de dados - Pilar Page

2) Proteção de dados - Conteúdo Satélite

3) Certificação LGPD - Conteúdo Satélite

4) Lei de proteção de dados 2020 - Conteúdo Satélite

5) LGPD quando entra em vigor - Conteúdo Satélite

6) Dados sensíveis LGPD - Conteúdo Satélite

7) Lei de segurança de dados - Conteúdo Satélite

8) Privacidade na internet e uso de dados de usuários - Conteúdo Satélite

9) Portabilidade de dados LGPD - Conteúdo Satélite

10) LGPD agentes de tratamento - Conteúdo Satélite

Mas como a metodologia do Pilar Page vai ajudar a melhorar o ranqueamento do site do escritório ou do advogado na primeira página do Google?

Simples. Uma das métricas do Google para ranqueamento de conteúdos é a experiência do usuário e essa experiência é analisada através do tempo que ele permanece no site ou na página, pois o Google entende que quanto mais ele ficar na página ou site, melhor a experiência.

Essa estratégia de conteúdos interligados permite que o usuário navegue por horas no site do escritório de advocacia, aumentando seu DA e seu PA, como vimos anteriormente, que também são índices analisados pelo Google para ranqueamento.

Agora que a estratégia está feita a etapa final, e talvez a mais importante, é a produção de conteúdo!

3. Produção de conteúdo com foco no Google

Toda a estratégia de conteúdo depende de um texto bem produzido, informativo, orientativo e interessante para o usuário. O grande segredo da produção de um conteúdo jurídico com foco na primeira página do Google é escrever o que o usuário quer saber e não o que o advogado quer falar.

Esse é o momento de deixar os livros jurídicos de lado e simplificar o conteúdo para que TODOS possam entender. Com isso o advogado ganha a confiança do usuário e inicia um processo de relacionamento baseado no que chamamos de "economia da gratidão".

Por exemplo: quando um empresário que está aflito para adequar os procedimentos da empresa para a LGPD e lê um conteúdo completo com todos os passos para esse processo, ele fica tão grato, que mesmo podendo fazer isso sozinho após ler o conteúdo, entra em contato com o advogado para tirar dúvidas, o que facilita o processo de captação de clientes.

Além de ser informativo e orientativo o conteúdo nunca pode mercantilizar os serviços do advogado, ou seja, não pode conter valores de causas e honorários e não pode induzir o usuário a entrar com uma ação na justiça. O papel do advogado é apenas informar o cidadão dos seus direitos!

Por fim o advogado ou redator podem usar algumas técnicas de redação jornalística e publicitária para deixar o conteúdo jurídico mais atrativo, como:

  • Copywrite para Títulos e Subtítulos;
  • Storytelling para exemplificar jurisprudências sobre o tema;
  • Técnicas de SEO para facilitar a leitura do usuário e do robô do Google.

Para saber mais sobre o processo de produção de um conteúdo jurídico com foco na primeira página do Google inscreva-se no curso Rumo ao Topo do Google, desenvolvido pela 3MIND com base em estratégias de conteúdo de mais de 150 escritórios de advocacia em todo o Brasil, muitos dos quais já conquistaram a tão almejada primeira posição do Google.

Escute a entrevista do Advogado Vinicius Tersi, cliente da 3MIND, que está na primeira página do Google para vários termos relacionados ao Direito Tributário Internacional.

1ª posição do Google para outras áreas do Direito

Sim, também é possível conquistar as primeiras posições do Google nas outras áreas do Direito. Confira o canal do Youtube da 3MIND para acessar diversos vídeos com dicas de como captar clientes nas áreas do Direito Previdenciário, Trabalhista, Família e muitos outros.

A 3MIND também disponibiliza um curso de Marketing Jurídico gratuito para todos os advogados do Brasil e do mundo que desejam começar a entender melhor essa ferramenta fundamental para divulgar os serviços do escritório de advocacia, respeitando o Código de Ética da OAB e conquistando um mercado digital repleto de possibilidades.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 22/10/2020 10:35