quinta-feira, 6 de maio de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Pandemia

Ministério da Saúde informa ao STF que sete Estados não têm insumos suficientes para vacinação

O órgão cumpriu solicitação do ministro Lewandowski e informou que há 52 milhões de seringas e agulhas aptas a realização da vacinação.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

Cumprindo solicitação do ministro Lewandowski, o ministério da Saúde informou ao STF que há 52 milhões de seringas e agulhas aptas a realização da vacinação contra a covid-19. No entanto, sete Estados não tem estoque suficiente para suprir a demanda inicial (30 milhões de doses); os Estados são: Acre, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco e Santa Catarina.

Veja a tabela disponibilizada pelo ministério da Saúde.

  • Para ver o documento completo, clique aqui.

(Imagem: Reprodução/Ministério da Saúde)

(Imagem: Reprodução/Ministério da Saúde)

O ministério ainda informou ao STF que as vacinas de diversos laboratórios chegarão ao Brasil de forma gradual, demonstrando que a "necessidade de insumos não será em sua totalidade". De acordo com o órgão, estima-se receber 10,7 milhões de doses em janeiro e 9,3 milhões de doses em fevereiro.

(Imagem: Pixabay)

(Imagem: Pixabay)

O departamento solicitou a aquisição de 40 milhões de seringas e agulhas por meio da OPAS - Organização Pan-Americana de Saúde e agora está aguardando o recebimento dos insumos. Além disso, foi realizado um pregão para o processo de aquisição de 300 milhões, considerado um "fracasso" pelo próprio ministério da Saúde:

"Somente uma empresa chegou ao preço referência previsto para o certame (...) Diante do fracasso do pregão, o DEIDT emitiu ofício informando à OPAS a pretensão do ministério da Saúde em adquirir mais 150 milhões de seringas e agulhas."

Publicidade

Por fim, o ministério da Saúde informou que todas as medidas possíveis e necessárias para a aquisição de seringas e agulhas estão sendo tomadas.

  • Processo: ADPF 754

t

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 14/1/2021 08:07

LEIA MAIS