terça-feira, 25 de janeiro de 2022

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Acusado de tentativa de feminicídio é condenado a 8 anos de prisão
Crime contra a mulher

Acusado de tentativa de feminicídio é condenado a 8 anos de prisão

O crime não se consumou porque a vítima conseguiu reagir e recebeu ajuda de terceiros.

sábado, 6 de fevereiro de 2021

Na quarta-feira, 3, o Tribunal do Júri de Brasília/DF condenou réu a oito anos de prisão por tentar matar a ex-companheira. O homem irá cumprir a pena em regime inicial fechado e não poderá recorrer da sentença em liberdade.

(Imagem: Pixabay)

(Imagem: Pixabay)

Segundo os autos, no início da madrugada de 8 de julho de 2019, o réu encontrou a vítima na rodoviária do Plano Piloto e se desentenderam. O réu passou a agredir a ex-companheira com golpes de faca. O crime não se consumou porque a vítima conseguiu reagir e recebeu ajuda de terceiros.

Em plenário, os jurados acolheram o entendimento do MP/DF que o crime foi praticado contra mulher por razões da condição do sexo feminino (feminicídio), envolvendo convivência doméstica e familiar, eis que o acusado e a vítima mantiveram relacionamento amoroso.

Sendo assim, em atendimento à decisão soberana dos jurados, o juiz presidente do Júri condenou o réu. Ao dosar a pena, o magistrado destacou que o acusado apresenta maus antecedentes, pois ostenta diversas condenações criminais, inclusive por crime doloso contra a vida.

Por fim, o juiz justificou a necessidade de manutenção da prisão: "O acusado respondeu preso ao processo, e assim deverá permanecer, pois em liberdade é uma evidente ameaça à ordem pública, uma vez que envolvido continuamente em diversos crimes".

Leia a decisão.

Publicidade

Informações: TJ/DF.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 6/2/2021 08:53