sexta-feira, 23 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Jovem prodígio

Aos 21 anos, advogado mais jovem do Brasil poderá atuar nos EUA

Em 2018, aos 18 anos, Mateus Costa Ribeiro fez história ao tornar-se o advogado mais jovem a sustentar oralmente no STF.

terça-feira, 6 de abril de 2021

Com apenas 21 anos, o prodígio advogado Mateus Costa Ribeiro fez história mais uma vez: o profissional acaba de ser aprovado na prova de habilitação para atuar nos Estados Unidos. Agora, Mateus deverá consagrar-se como um dos brasileiros mais jovens a conseguir o feito em décadas. 

(Imagem: Reprodução/Instagram)

(Imagem: Reprodução/Instagram)

A trajetória acadêmica de Mateus começou em 2014, quando foi aprovado no vestibular da UnB com apenas 14 anos. Ele não poderia matricular-se na universidade, porque ainda cursava a 8ª série (atual 9º ano) do ensino fundamental. Mas uma liminar permitiu que ele entrasse na faculdade, contanto que passasse em uma prova com conteúdo do ensino médio: em 24 horas, devorou três anos de matérias escolares e concluiu a etapa.

Em julho de 2018, com apenas 18 anos, ele foi aprovado no Exame de Ordem e recebeu sua carteira profissional, tornando-se o advogado mais jovem do país. Mas as conquistas não param por aí.

Em novembro do mesmo ano, Mateus realizou sua primeira sustentação oral no STF, consagrando-se como o advogado mais jovem a subir à tribuna da Corte para sustentar oralmente.

Em sua lista de realizações precoces soma-se, ainda, o título de mestre na Universidade de Harvard.

De berço

Os primeiros passos rumo à advocacia foram dados ainda antes do vestibular, aos 10 anos de idade. Na tentativa de escapar de um castigo, ele impetrou um habeas corpus para poder assistir ao jogo do Corinthians. Mateus é filho de um casal de advogados e aderiu à influência que também já tinha atingido os dois irmãos mais velhos.

Confira a entrevista da família à TV Migalhas, em 2018:

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 6/4/2021 18:20

LEIA MAIS