domingo, 16 de maio de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Violência | Mulher

Projeto inclui medidas protetivas em banco de dados policial

A suspensão da posse ou restrição do porte de armas é uma das medidas protetivas listadas pela lei.

domingo, 18 de abril de 2021

O Senado vai apreciar projeto de lei que determina o registro, nos sistemas de informações das Polícias Civil e Militar, das medidas protetivas decretadas por juiz a favor de mulheres vítimas de violência. O PL 976/19, de autoria da deputada Flávia Morais, foi aprovado na Câmara na última semana.

Entre as medidas protetivas listadas pela lei estão:

  • Suspensão da posse ou restrição do porte de armas;
  • Afastamento do agressor do lar, domicílio ou local de convivência com a ofendida;
  • Proibição de aproximação da ofendida e de seus familiares;
  • Pagamento de pensão provisória e;
  • Comparecimento do agressor a programas de recuperação e reeducação.

(Imagem: Freepik)

(Imagem: Freepik)

A deputada lembra que, mesmo após a criação da lei Maria da Penha, o número de casos de violência contra mulheres tem crescido no Brasil, levando à necessidade de instrumentos que melhorem a agilidade do atendimento pelas forças de segurança.

Tema similar

Os senadores aprovaram na última terça-feira, 13, o PL 6.298/19, que torna obrigatória a aplicação do Formulário Nacional de Risco e Proteção à Vida na rede de atendimento à vítima da violência doméstica e familiar, a ser aplicado preferencialmente pela Polícia Civil no momento do registro da ocorrência. O texto vai à sanção.

Informações: Senado. 

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 18/4/2021 07:55

LEIA MAIS