sábado, 31 de julho de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Bolsonaro defende voto impresso e dispara contra ministro Barroso
Ataque

Bolsonaro defende voto impresso e dispara contra ministro Barroso

Presidente do TSE destacou a segurança do voto eletrônico. Bolsonaro disse que, em 2022, "vai ter voto impresso ou não vai ter eleição".

sexta-feira, 7 de maio de 2021

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, determinou, na última terça-feira, 4, a criação de uma comissão especial para discutir a PEC que obriga o voto impresso. De autoria da deputada Bia Kicis, a PEC 135/19 exige a impressão de cédulas em papel na votação e na apuração de eleições, plebiscitos e referendos no Brasil. A proposta já foi admitida pela CCJ da Casa em 2019.

Em entrevista à GloboNews, o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, destacou que o sistema de votos eletrônicos utilizado no Brasil é totalmente confiável e auditável. Alertou, ainda, que o voto impresso poderá criar problemas e cria risco imenso de judicialização das eleições.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 7/5/2021 15:06