quinta-feira, 5 de agosto de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Hermano Villemor Amaral (filho) completa 101 anos
Longevidade

Hermano Villemor Amaral (filho) completa 101 anos

Exercendo a profissão há 78 anos, do começo da sua carreira até os dias atuais, Hermano reúne vitórias e participações em conselhos, associações e institutos.

quarta-feira, 14 de julho de 2021

Nesta semana, o cenário jurídico nacional viu um de seus filhos pródigos comemorar uma importante data: 101 anos de Hermano de Villemor Amaral (filho). Nascido a 11 de julho de 1920, o notável advogado foi um dos primeiros de seu tempo a ser especializado em Direito Comercial, Societário e Investimentos Estrangeiros no Brasil. É sócio de um dos escritórios mais antigos do Brasil em atividade ininterrupta, o Villemor Amaral Advogados, que leva seu nome, de seu pai e de seu filho.

(Imagem: Divulgação Villemor Amaral Advogados)

(Imagem: Divulgação Villemor Amaral Advogados)

Ainda jovem, Hermano frequentava o escritório e já demonstrava interesse por temas judiciais, como destaca o trecho do livro "Continuamos... História do Escritório Villemor Amaral - Advogados". "Corre o ano de 1937. Apontam-lhe uma sala no fundo do corredor e a mesa que irá ocupar. Está com dezesseis para dezessete anos de idade. Indaga-se, incrédulo, 'que é que posso fazer de útil?'". Saindo da infância para juventude, Hermano, nesse mesmo ano, entra para o curso Pré-Jurídico, na Faculdade Nacional de Direito, em Laranjeiras (RJ). Em 1943, o futuro sócio se forma.

Do começo da sua carreira até os dias atuais, Hermano reúne vitórias e participações em conselhos, associações, institutos etc. Construindo sua carreira e história, o jurista integrou o Conselho de Administração da Mesbla S/A, Liceu Franco-Brasileiro, Iate Clube do Rio de Janeiro, da Escola Suíça, da OAB/RJ e da International Bar Association. Ele também atuou como representante da Reuters Ltd., no Brasil, e foi presidente do Rotary Club por um ano.  Hermano de Villemor Amaral (filho) foi três vezes condecorado pelo governo francês com a "Ordem do Mérito Nacional", "Légion d'Honneur" e "Palmes Académiques".

Exercendo a profissão por 78 anos, o centenário foi Secretário Geral do Instituto dos Advogados Brasileiros; membro do Conselho da Ordem dos Advogados por duas vezes, presidente da Aliança Francesa no Rio de Janeiro; vice-presidente do Instituto Goethe e presidente da Associação dos Membros da Legião de Honra. Hermano, também atuou como advogado da Sociedade Filantrópica Suíça, da Sociedade Francesa de Beneficência, da ABBR - Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação e das Câmaras de Comércio Francesa e Suíça. Seu êxito recente foi receber a vacina contra Covid-19 - ele foi o primeiro consócio do Conselho Superior do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) a obter o imunizante.

Nessa jornada, Villemor Amaral (filho), também fez amigos para nunca mais esquecer. Prestes a completar 101 anos, ele conta que, no passado, planejava que seu filho estudasse fora do país, mas tinha receio a respeito dos custos. Foi quando Antonino Campos, um amigo fiel, ofereceu hospedagem ao Hermano (neto). Tal acontecimento mostra que sua história foi e é repleta de pessoas especiais. E agradecimentos não faltam. Antônio Carlos de Castro Silva, Edgar Nascimento, Gilberto Augusto Trigueiro Vieira Ribeiro, Celso Vinhas, Hélio Jacob Filho, Gustavo Lírio Toniatti e João Guilherme Sauer - Dr. Villemor possui extrema gratidão por amizades como essas. 

Dentro do Villemor Amaral Advogados o advogado foi visto como um profissional que possuía uma visão ampla e à frente do seu tempo. Objetos e protocolos que hoje são vistos como corriqueiros e normais, eram, para ele, um avanço necessário e crucial para o crescimento. Hermano de Villemor Amaral (neto), seu filho e um dos sócios do escritório atualmente, conta que em um passado recente a equipe ficou feliz em possuir sua própria máquina de xerox. "Meu pai tinha uma visão futurista, incentivava o aprendizado e sempre prezava por modernizar o ambiente e time. Ele, no comando, estimulava os funcionários a estudarem fora do país para adquirir mais aprendizado. Isso não era comum", relembra. Hermano (neto) também afirma que Villemor Amaral Advogados foi pioneiro em incluir uma advogada mulher na sociedade, a Dra. Maria Vitória, na área de mineração. 

Dando continuidade a um trabalho iniciado em 1909, Hermano de Villemor (filho) fez história e deixou sua marca no escritório que, no presente momento, é o mais longevo do Brasil. Seus 101 anos beneficiaram o Direito no país. Hoje o grupo é destaque nas áreas de Energia, Petróleo e Gás, Infraestrutura, Saúde, Serviços Públicos, Financeiro, Bancário, Ambiental, Tributário, Trabalhista, Contencioso, métodos alternativos de resolução de conflitos, entre outros.

t

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 14/7/2021 10:30