quinta-feira, 26 de maio de 2022

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Gusttavo Lima é processado por divulgar número de celular em novo hit
"Bloqueado"

Gusttavo Lima é processado por divulgar número de celular em novo hit

A dona do telefone celular divulgado conta que passou receber incontáveis ligações e mensagens no WhatsApp.

terça-feira, 11 de janeiro de 2022

O cantor Gusttavo Lima está sendo processado na Justiça. O motivo? Em sua nova música, "Bloqueado", há menção a um número de telefone que existe na vida real, e a dona dele está sendo importunada por isso. O clipe da canção no YouTube já passou de 26 milhões de visualizações. Eis o trecho em questão:

"Eu sei que eu não posso ligar

Pra quem já me esqueceu

Coração prometeu nunca mais recair

Só que agora perdeu, 'tá sem dignidade

Me bateu uma saudade

Daquelas que o coração arde

9912-XX03

Olha eu recaindo outra vez"

(Imagem: Reprodução/Instagram)

Gusttavo Lima está sendo processado por conta da música "Bloqueado"(Imagem: Reprodução/Instagram)

"Bloqueado"

À Justiça, a mulher alegou que a partir do dia 24/8/21 passou a ser objeto de um inexplicável assédio feito por desconhecidos por meio de seu número de telefone celular, tendo recebido inúmeras chamadas e incontáveis mensagens pelo WhatsApp, todas sem qualquer ligação com sua rede de contatos.

Após analisá-las, ela diz que descobriu que seu número foi inserido - indevidamente e sem qualquer autorização ou conhecimento de sua parte - na letra da música "Bloqueado", interpretada por Gusttavo Lima, famoso cantor e compositor.

Na petição inicial, ela ressalta que jamais teve qualquer relacionamento com o cantor e que, na verdade, mantém união estável com seu companheiro há mais de 12 anos, tendo "infelizmente vindo a se tornar objeto de ridicularização por terceiros em razão da indevida menção a seu número de telefone na canção".

"O Réu, apesar de saber que a canção alcançaria literalmente milhões de pessoas, não se preocupou, em nenhum momento, em tentar saber previamente se o número de telefone nela inserido seria, ou não, de titularidade de alguém, embora tal constatação devesse ter sido a primeira a ser feita por ele, antes de veicular referida faixa para sua ampla base de espectadores e ouvintes."

A autora da ação afirma ainda que se tornou humanamente impraticável a utilização do seu número de celular, já que a todo momento se fazia - e ainda se faz - necessário analisar e separar cada nova mensagem e ligação "descabida" das que realmente têm relevância a ela.

"No mesmo passo - e com importância ainda maior - a Autora encontra-se fora do país e seu pai possui um delicado quadro de saúde, tendo referidos contatos abusivos prejudicado enormemente a comunicação da Autora com seus familiares, impedindo que ela possa ter acesso normal a notícias sobre a situação de seu genitor quando mais precisa, trazendo ainda mais angústia para ela em momento crucial para sua família."

Assim, pediu que Gusttavo Lima retire a música do ar e lhe pague indenização por danos morais.

O caso tramita na Justiça de SP e ainda não há decisão sobre o assunto.

Round 6

Na série Round 6, da Netflix, aconteceu uma situação semelhante. Em determinada cena, os jogadores recebem um cartão com um número de telefone, número esse que realmente existe e pertenceria a uma empresária coreana. Após o lançamento da série, a dona do número teria recebido mensagens e ligações. Ela teria rejeitado oferta de indenização, e a Netflix estaria trabalhando para resolver o problema, incluindo a edição de cenas com o número. Relembre o caso clicando aqui.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 11/1/2022 13:19