sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Pet comunitário: Justiça ordena permanência de gatinho em condomínio
Causa animal

Pet comunitário: Justiça ordena permanência de gatinho em condomínio

Juiz determinou multa de R$ 20 mil se alguém tentar retirar Frajola do local.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2022

O gatinho Frajola poderá permanecer em um condomínio residencial, como animal comunitário, sob pena de multa de R$ 20 mil se alguém tentar retirá-lo do local. Assim decidiu o juiz leigo Davi Olegário Portocorrero Naveira, de Campo Grande/MS. A disputa envolvia os tutores do felino e o síndico.

(Imagem: Reprodução)

Frajola assinou com a patinha as alegações finais do processo.(Imagem: Reprodução)

Segundo informações do G1, o processo teve início em agosto de 2021 e desde então os moradores lutavam para estabelecer a permanência do gato que apareceu no condomínio há cerca de 4 anos. A briga judicial foi motivada porque o síndico se mostrou desfavorável à presença do felino nas dependências comunitárias.

Na decisão, o juiz analisou laudos veterinários e ponderou que Frajola não poderia ser adotado, pois vive há muito tempo solto e, caso ficasse trancado, poderia tentar fugir.

O magistrado, por fim, determinou que o felino fique no condomínio e que os tutores legais zelem por sua higiene, saúde, alimentação e limpeza do local por onde ele passa.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 13/1/2022 08:09