quarta-feira, 18 de maio de 2022

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Conselho de Ética abre processo contra Eduardo Bolsonaro
Tortura

Conselho de Ética abre processo contra Eduardo Bolsonaro

O parlamentar ironizou a tortura sofrida pela jornalista Miriam Leitão durante regime militar.

quarta-feira, 4 de maio de 2022

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados abriu nesta quarta-feira, 4, processo para apurar a conduta do deputado Eduardo Bolsonaro no caso em que debochou da tortura sofrida pela jornalista Miriam Leitão durante ditadura militar.

(Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress)

Conselho de Ética abre processo contra Eduardo Bolsonaro por deboche à tortura.(Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress)

Em abril, a jornalista compartilhou um artigo em que classificou o presidente Jair Bolsonaro como um inimigo confesso da democracia. Miriam comentava declarações recentes de ataque de Bolsonaro às instituições democráticas.

Na época, Eduardo Bolsonaro escreveu: "Ainda com pena da cobra", numa referência a um dos métodos empregados pelos torturadores da jornalista.

Miriam Leitão foi presa grávida e torturada pelo governo militar durante a ditadura. Em uma das sessões de tortura foi deixada em uma sala escura com uma jiboia.

As representações contra o parlamentar foram apresentadas pelos partidos PCdoB, Rede, PSOL e PT, que pedem a cassação do mandato de Eduardo.

  • Processo: Representação 20/2222/22

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 4/5/2022 13:42