MIGALHAS QUENTES

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Migalhas Quentes >
  4. CNJ julgará em plenário físico caso de juiz acusado de assédio sexual
Apuração

CNJ julgará em plenário físico caso de juiz acusado de assédio sexual

Pedido de providências contra Marcos Scalercio seria analisado em meio virtual, mas foi retirado de pauta após pedido de sustentação oral da defesa do juiz.

Da Redação

quarta-feira, 17 de agosto de 2022

Atualizado às 10:31

A Corregedoria Nacional de Justiça analisaria em sessão virtual o pedido de providências envolvendo as acusações de assédio sexual contra o juiz do Trabalho Marcos Scalercio. Mas, após pedido de sustentação oral feito pela defesa do juiz, o caso deverá ser analisado em sessão presencial.

O processo tramita sob segredo de Justiça.

 (Imagem: Lucas Castor/Agência CNJ)

CNJ analisará em meio físico caso de juiz acusado de assédio sexual.(Imagem: Lucas Castor/Agência CNJ)

Pedido de providências

O pedido de providências é uma apuração preliminar, na qual a Corregedoria Nacional procede à avaliação do fato e das provas existentes, a fim de estabelecer se houve prática de infração disciplinar, o que pode determinar a propositura de Processo Administrativo Disciplinar ou, em hipótese contrária, acarretar o arquivamento do procedimento.

  • Pedido de providências: 0000682-47.2021.2.00.0000

Patrocínio

Patrocínio Migalhas