MIGALHAS QUENTES

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Migalhas Quentes >
  4. Negligência: Hospital indenizará paciente que teve membros amputados
Negligência médica

Negligência: Hospital indenizará paciente que teve membros amputados

Desembargadores concluíram que paciente sofreu negligência no atendimento e fixaram indenização de R$ 1,5 milhão, além de pensão mensal vitalícia no valor de um salário mínimo à vítima.

Da Redação

segunda-feira, 10 de abril de 2023

Atualizado em 11 de abril de 2023 09:21

Um hospital foi condenado a pagar indenização, por danos morais e estéticos, a paciente que teve parte dos membros superiores e inferiores amputados por negligência no atendimento. A decisão é da 5ª câmara de Direito Privado do TJ/SP. O valor da reparação foi fixado em R$ 1,5 milhão, além de pensão mensal vitalícia no valor de um salário-mínimo.

Magistrados determinam indenização à paciente amputado. (Imagem: Pexels)

Magistrados determinam indenização à paciente amputado.(Imagem: Pexels)

Segundo os autos, após acidente automobilístico, o paciente sofreu diversas fraturas e foi encaminhado ao hospital, onde passou por cirurgias e tratamentos. As amputações ocorreram em razão de infecção óssea não tratada. Para o relator do recurso, desembargador Antonio Carlos Mathias Coltro, ficou demostrado o nexo causal entre os danos sofridos e a ausência de tratamento do quadro infeccioso (osteomielite), que evoluiu a ponto de exigir a amputação.

"A função do corpo foi severamente comprometida, já que o demandante não pode mais segurar objetos, fazer sua própria higiene íntima, preparar suas refeições, tomar banho e se vestir sozinho, ficar em pé e se locomover livremente."

Também participaram do julgamento os desembargadores J. L. Mônaco da Silva e Erickson Gavazza Marques. 

Veja a decisão.

Informações: TJ/SP

Patrocínio

Patrocínio Migalhas