terça-feira, 11 de agosto de 2020

ISSN 1983-392X

Resultado do sorteio da obra "TV Digital e Comunicação Social – aspectos regulatórios"

sexta-feira, 11 de setembro de 2009


Sorteio de obra

A obra "TV Digital e Comunicação Social – aspectos regulatórios" (Fórum – 416p.), do advogado do escritório Bornholdt Advogados, Ericson Meister Scorsim, objetiva apontar a normatividade constitucional em relação à estruturação dos serviços de televisão por radiodifusão. Dois exemplares foram gentilmente doados pelo autor.

Sobre a obra :

A sua leitura é recomendada não só aos profissionais do direito, como também a todas as pessoas ligadas, direta ou indiretamente, à mídia, tais como: jornalistas, proprietários e gestores de empresas de radiodifusão, políticos, agentes públicos e telespectadores.

O autor afirma que o modelo de IV adotado pela Constituição é plural, eis que integrado pelas televisões privadas, públicas e estatais.

Apesar disso, o marco legislativo é inadequado, por não observar esta pluralidade institucional, o que enseja sua revisão e ajuste em conformidade com o texto constitucional, particularmente a fim de possibilitar a concretização de diversos direitos fundamentais (exemplos: comunicação, informação, educação, cultura etc.).

A proposta inovadora consiste na defesa da liberdade de comunicação social por radiodifusão, de modo a superar o velho conceito de serviço público. Para o autor, diferentemente da concepção jurídica tradicional, a televisão comercial não é um serviço público privativo do Estado, mas uma atividade econômica como qualquer outra, embora deva ser submetida à autoridade reguladora. Em razão disso ele propõe a superação da concessão de serviço público e em sua substituição a adoção da autorização administrativa.

A categoria serviço público de televisão deve ser reservada para a TV Pública e a TV Estatal. Aliás, os conceitos de TV Pública e TV Estatal são freqüentemente confundidos, o que causa significativos equívocos na aplicação do direito. Assim, a TV Brasil, embora seja alardeada como uma emissora pública, é, em verdade, uma TV Estatal.

O livro explica que os serviços de televisão são atividades que devem ser compartilhadas entre o mercado, a sociedade e o Estado. Trata-se de um enfoque original para um tema tão importante para a democracia brasileira que rompe com a idéia de reserva estatal dos serviços de radiodifusão e propõe mudanças substanciais no marco regulatório infraconstitucional.

Sobre o autor :

Ericson Meister Scorsim possui graduação em Direito pela Universidade Federal do Paraná, mestrado em Direito pela Universidade Federal do Paraná e doutorado na Universidade de São Paulo. É advogado escritório Bornholdt Advogados, professor de cursos de pós-graduação em Direito, membro fundador do Instituto de Direito Administrativo Catarinense IDAC e ex-Procurador Geral do município de Joinville/SC.



_______________

Ganhadores :

Jose Roberto Rodrigues da Silva Jr., assistente jurídico da Orsa Celulose Papel e Embalagens S.A., de Osasco/SP;

Thiago Elias dos Reis Costa,estagiário em Pedro Leopoldo/MG










___________







patrocínio

Advertisement

últimas quentes

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram