O que saiu em Migalhas sobre Afonso Arinos de Melo Franco
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Afonso Arinos de Melo Franco

Veja o que saiu no Migalhas sobre Afonso Arinos de Melo Franco
/depeso
sexta-feira, 6/11/2020

A importância do amor de Drummond a Minas Gerais

“Mineiridade é uma coisa que mineiro só descobre quando deixa Minas” - Carlos Alberto Teixeira de Oliveira.

... típico dos Sertões que Afonso Arinos de Melo Franco cantou em prosa, com mágico e singular habilidade. E o fez sem metonímias. O amor que dedico a Drummond afasta-se de sua métrica, sem mexericos; não escamoteia a recusar à sua perturbadora visão do mundo,...
A importância do amor de Drummond a Minas Gerais
/quentes
sexta-feira, 28/2/2020

De registro civil a poetas: As controvérsias jurídicas envolvendo anos bissextos

2020 é ano bissexto: veja curiosidades envolvendo a data.

...e Holanda, Pedro Nava e Afonso Arinos de Melo Franco. Este último foi agraciado pelo discurso de Bandeira quando assumiu a cadeira de número 25 na ABL - Academia Brasileira de Letras em 1958. Afonsinho, como foi chamado carinhosamente por Bandeira no discurso,...
De registro civil a poetas: As controvérsias jurídicas envolvendo anos bissextos
/depeso
sexta-feira, 29/11/2019

Liberdade tutelada?

Surpreende e mesmo preocupa o fato de que, sob a regência da Constitucional de 1988, que consagra a plena liberdade de expressão sem censura ou licença de qualquer natureza, ainda haja alusões sobre a possibilidade de emprego de restrições ...

... imposto pelo AI5. O jurista Afonso Arinos de Melo Franco, foi muito preciso ao descrever aquela excepcional situação política, como pode-se verificar pelas suas claras palavras: “A crise pueril entre o Congresso e o Executivo, provocada intencionalmente por...
Liberdade tutelada?
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 17/7/2019

Porandubas nº 628

Julho deveria ser na política, segundo Gaudêncio Torquato, o mês da diástole, da descontração, eis que é o período de férias escolares, recesso parlamentar. Mas não tem sido assim.

... havia sido inaugurada por Afonso Arinos de Melo Franco, quando Jânio Quadros chega à presidência. À frente do Itamaraty a partir de 21 de agosto de 1963, Araújo Castro foi deposto do cargo após o golpe civil-militar de 1964. Em 19 de setembro de 1963, Araújo...
Porandubas nº 628
/pilulas
quarta-feira, 3/7/2019

Baú migalheiro

Há 68 anos, no dia 3 de julho de 1951, o Congresso brasileiro aprovou a lei 1.390, batizada de lei Afonso Arinos, de autoria de Afonso Arinos de Melo Franco, que transformava em contravenção penal qualquer prática resultante de pr...

...o Arinos, de autoria de Afonso Arinos de Melo Franco, que transformava em contravenção penal qualquer prática resultante de preconceito de raça ou cor. Em 1988, a norma foi substituída por um texto mais duro, de autoria do deputado Carlos Alberto Oliveira. A...
Baú migalheiro
/amanhecidas
quarta-feira, 3/7/2019

MIGALHAS nº 4.635

Informações jurídicas de quarta-feira, 3 de julho de 2019.

... lei Afonso Arinos, de autoria de Afonso Arinos de Melo Franco, que transformava em contravenção penal qualquer prática resultante de preconceito de raça ou cor. Em 1988, a norma foi substituída por um texto mais duro, de autoria do deputado Carlos Alberto Oliveira....
MIGALHAS nº 4.635
/depeso
domingo, 7/9/2014

Caso do goleiro Aranha: racismo ou injúria racial?

Insta observar uma fundamental diferença entre dois institutos que são relacionados ao caso, a fim de que não se cometa uma confusão: o crime de injúria racial e o de racismo.

...lei 1.390, proposta por Afonso Arinos de Melo Franco e que, por tal razão, ficou conhecida como Lei Afonso Arinos2. Referido diploma legal teve grande importância histórica, vez que propunha coibir a discriminação racial...
Caso do goleiro Aranha: racismo ou injúria racial?
/quentes
quinta-feira, 27/6/2013

Há 105 anos nascia João Guimarães Rosa

Nascido em Codisburgo/MG, escreveu importantes obras da literatura brasileira, como Grande Sertão: Veredas e Sagarana.

...recebido pelo acadêmico Afonso Arinos de Melo Franco em 16 de novembro de 1967. Três dias depois, em 19/11/67, faleceu no Rio de Janeiro. Além do prêmio da ABL conferido a Magma, Guimarães Rosa recebeu o Prêmio Filipe...
Há 105 anos nascia João Guimarães Rosa
/quentes
quinta-feira, 21/2/2013

Carlos Velloso sugere mudança na escolha dos ministros do STF

Proposta do ministro traria maior transparência e legitimidade.

...Francisco Luiz da Veiga, Afonso Arinos de Melo Franco, Camilo de Brito, Rabelo Horta, Augusto de Lima, Arnaldo de Oliveira, Edmundo da Veiga, Borja de Almeida, Donato Fonseca e Francisco Silviano de Almeida Brandão. A...
Carlos Velloso sugere mudança na escolha dos ministros do STF
/depeso
quarta-feira, 7/3/2012

Ruiana II

Citando o mestre Rui Barbosa, o advogado relembra a trajetória da imprensa brasileira, sua relação com a censura e o que prevê a Carta.

...J. Santos Ruiana II Afonso Arinos de Melo Franco, no seu livro "Pela Liberdade de Imprensa", em capítulo especial intitulado Ruiana, composto basicamente de citações de textos de autoria de Rui Barbosa, aplicáveis à...
Ruiana II
/coluna/lauda-legal
quinta-feira, 23/2/2012

"Curso de Direito Constitucional"

Atenção, estudantes recém-chegados à Academia, a obra resenhada é "Curso de Direito Constitucional", de Zulmar Fachin.

...muita qualidade, tal qual Afonso Arinos de Melo Franco, em discurso proferido no ato da promulgação da Constituição (citado pelo próprio autor), o autor conclama os estudantes de Direito a acreditarem na Constituição, a...
"Curso de Direito Constitucional"
/amanhecidas
sexta-feira, 23/9/2005

MIGALHAS nº 1.259

Sexta-feira, 23 de setembro de 2005 - Migalhas nº 1.259 - Fechamento às 11h30.   "O homem deixa de ser quem é para transformar-se naquilo de que outros homens precisam." Afonso Arinos de Melo Franco (1905) Jobim Em incisivo editorial...

MIGALHAS nº 1.259
MIGALHAS nº 1.259
/amanhecidas
sexta-feira, 3/6/2005

MIGALHAS nº 1.180

Sexta-feira, 3 de junho de 2005 - Migalhas nº 1.180 - Fechamento às 11h.     "Viel Hoffnung - für Gott - unendlich viel Hoffnung -, nur nicht für uns." (Há esperanças, só não para nós.) Franz Kafka (3/7/1883 - 3/6/1924) Editorial Mi...

MIGALHAS nº 1.180
MIGALHAS nº 1.180
Não há mais resultados para serem exibidos.