O que saiu em Migalhas sobre Aires da Mata Machado Filho
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Aires da Mata Machado Filho

/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 24/3/2021

Para apresentar ou Para apresentarem?

Para apresentar ou Para apresentarem? O Professor esclarece.

...e José Oiticica, de que Aires da Mata Machado Filho (1969f, p. 324) lamentou não ter sido o autor, de modo que lhe restava apenas a satisfação de repetir: "Mandem os gramáticos às favas e empreguem o infinitivo à vontade". 10) Tais palavras, a bem da verdade,...
Para apresentar ou Para apresentarem?
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 8/1/2020

É proibido – Como concordar?

É proibido – Como concordar? O Professor esclarece.

... concordância observada, Aires da Mata Machado Filho refere lição de Said Ali, o qual – na tentativa de explicação da invariabilidade do adjetivo em tais casos – recorre à elipse de um verbo, cujo objeto direto seria o substantivo subsequente às locuções em...
É proibido – Como concordar?
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 2/3/2016

Nunca jamais – Está correto?

Nunca jamais – Está correto? O Professor esclarece a dúvida.

... ainda vigente". 3) Aires da Mata Machado Filho coleciona, nos melhores autores, variadas formas similares de dupla negativa: "nunca por nunca" (Camilo Castelo Branco), "nunca em tempo algum" (idem), "nunca dos...
Nunca jamais – Está correto?
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 16/7/2014

Gastado ou Gasto?

Gastado ou Gasto? O Professor esclarece a dúvida.

...particípios gasto e gastado. 11) Aires da Mata Machado Filho, que, sem maiores explicações, emprega normalmente o particípio passado gastado no exemplo "Ele havia gastado o dinheiro", acaba por transcrever interessante...
Gastado ou Gasto?
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 12/3/2014

Para compor ou Para comporem?

Para compor ou Para comporem ? O Professor esclarece a dúvida.

...de José Oiticica, de que Aires da Mata Machado Filho lamentou não ter sido o autor, de modo que lhe restava apenas a satisfação de repetir: "Mandem os gramáticos às favas e empreguem o infinitivo à vontade". 10) Tais...
Para compor ou Para comporem?
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 12/6/2013

A maior parte de

O Professor esclarece dúvida sobre a concordância verbal de expressões como a maioria de, a maior parte de, boa parte de, grande número de, grande parte de.

...indiferente, e, como lembra Aires da Mata Machado Filho, "reside a decisão no ambiente expressional, também chamado contexto".6) E explicita tal gramático: "Se o primeiro plano da expressão coube ao coletivo, deixa-se...
A maior parte de
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 8/5/2013

Para que (se) pudesse (se) inscrever(-se)

Partindo do princípio de que as conjunções subordinativas obrigam a colocação do pronome pessoal oblíquo átono em próclise, o Professor explica como, na locução verbal, funciona essa regra de atração.

...colocação do pronome nas locuções verbais, Aires da Mata Machado Filho - esclarecendo que "escritores brasileiros há que preferem deixar o pronome átono solto entre os elementos constitutivos de locução verbal e da...
Para que (se) pudesse (se) inscrever(-se)
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 10/4/2013

Em anexo

O contrato segue anexo ou o contrato segue em anexo ? Entenda o uso correto da palavra anexo na lição do professor.

O contrato segue anexo ou o contrato segue em anexo ? Entenda o uso correto da palavra anexo na lição do professor.
Em anexo
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 4/4/2012

Viva os brasileiros! Ou Vivam os brasileiros!?

"Viva os reis!" ou "Vivam os reis!"? O Professor esclarece a dúvida.

...Ateneu, de Raul Pompéia, anota Aires da Mata Machado Filho que tal autor "sentiu a natureza verbal da palavra viva. Mas, como lhe repugnou o plural, que o verbo exige, tratou de reduzir o sujeito a objeto direto,...
Viva os brasileiros! Ou Vivam os brasileiros!?
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 11/8/2010

À Rua Tal ou Na Rua Tal?

À Rua Tal ou Na Rua Tal? 1) Com os verbos domiciliar, morar, residir, situar e com os adjetivos domiciliado, estabelecido, morador, residente, sempre surge a indagação de como se deve dizer na sequência: a) À Rua Tal; ou b) Na Rua Tal?...

...diversos autores - como Aires da Mata Machado Filho, Arnaldo Niskier, Artur de Almeida Torres, Édison de Oliveira, Eliasar Rosa, José de Nicola e Ernani Terra, Luís A. P. Vitória, Luiz Antônio Sacconi, Napoleão Mendes de...
À Rua Tal ou Na Rua Tal?
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 28/4/2010

Nomes próprios plurais

Nomes próprios plurais 1) Há determinados nomes próprios que sempre se apresentam na forma plural: Alpes, Andes, Estados Unidos, Lusíadas, Sertões, Vassouras. 2) Tais substantivos trazem problemas de concordância verbal, e três obse...

Nomes próprios plurais 1) Há determinados nomes próprios que sempre se apresentam na forma plural: Alpes, Andes, Estados Unidos, Lusíadas, Sertões, Vassouras. 2) Tais substantivos trazem problemas de concordância verbal, e três obse...
Nomes próprios plurais
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 10/6/2009

Namorar com

Namorar com 1) Quer no sentido de desejar ardentemente algo, quer no significado de cortejar, galantear, trata-se de verbo transitivo direto (construído sem qualquer preposição). Ex.: "O rapaz namorou a vizinha ...

Namorar com 1) Quer no sentido de desejar ardentemente algo, quer no significado de cortejar, galantear, trata-se de verbo transitivo direto (construído sem qualquer preposição). Ex.: "O rapaz namorou a vizinha ...
Namorar com
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 20/5/2009

Ter de

Ter de 1) De acordo com lição de Napoleão Mendes de Almeida, a expressão ter de denota obrigatoriedade, portando em si o significado de estar na obrigação de. Ex.: "O juiz não tinha de deferir o requerimento intempestivo ...

Ter de 1) De acordo com lição de Napoleão Mendes de Almeida, a expressão ter de denota obrigatoriedade, portando em si o significado de estar na obrigação de. Ex.: "O juiz não tinha de deferir o requerimento intempestivo ...
Ter de
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 1/4/2009

Através de

Através de 1) A primeira observação que se há de fazer é que deve sempre haver, na referida expressão, a preposição de, e até mesmo configura galicismo sintático sua omissão, como, aliás, lembra Vitório Bergo em seu en...

Através de 1) A primeira observação que se há de fazer é que deve sempre haver, na referida expressão, a preposição de, e até mesmo configura galicismo sintático sua omissão, como, aliás, lembra Vitório Bergo em seu en...
Através de
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 4/2/2009

Designar servidores para compor (ou comporem?)...

Designar servidores para compor (ou comporem?)... 1) Uma leitora diz ter dúvidas quanto à flexão do verbo em frases como: I) – "Designar servidores para compor comissão..."; II) – "Designar servidores para comporem co...

Designar servidores para compor (ou comporem?)... 1) Uma leitora diz ter dúvidas quanto à flexão do verbo em frases como: I) – "Designar servidores para compor comissão..."; II) – "Designar servidores para comporem co...
Designar servidores para compor (ou comporem?)...
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 24/9/2008

Emprestar

1) Domingos Paschoal Cegalla, que vê em tal verbo apenas a acepção de ceder por algum tempo, gratuitamente ou não, entende que "não é bom português empregar este verbo na acepção de pedir ou tomar emprestado".1 2) Josué Mac...

1) Domingos Paschoal Cegalla, que vê em tal verbo apenas a acepção de ceder por algum tempo, gratuitamente ou não, entende que "não é bom português empregar este verbo na acepção de pedir ou tomar emprestado".1 2) Josué Mac...
Emprestar
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 17/9/2008

Vez que

Vez que 1) Existe em nosso idioma a locução adverbial de vez, que significa quase boa para ser colhida; assim, por exemplo, diz-se que "a fruta está de vez". 2) Não é correta, entretanto, a expressão vez que com significado de co...

Vez que 1) Existe em nosso idioma a locução adverbial de vez, que significa quase boa para ser colhida; assim, por exemplo, diz-se que "a fruta está de vez". 2) Não é correta, entretanto, a expressão vez que com significado de co...
Vez que
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 15/8/2007

Intimem-se-as

1) Se se diz "Intimem-se as partes", o que se tem é uma frase reversível, que também pode ser dita assim: "As partes sejam intimadas". 2) E, como na frase do modelo ("Aluga-se uma casa"), podem-se extrair as seguintes c...

1) Se se diz "Intimem-se as partes", o que se tem é uma frase reversível, que também pode ser dita assim: "As partes sejam intimadas". 2) E, como na frase do modelo ("Aluga-se uma casa"), podem-se extrair as seguintes c...
Intimem-se-as
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 4/7/2007

Pago

1) Quanto à conjugação verbal e ao emprego de seu particípio passado, é de comum ensino que se usa o verbo pagar apenas na forma irregular (pago), e isso com qualquer auxiliar, lembrando mesmo Otelo Reis que, "quanto ao particípio reg...

1) Quanto à conjugação verbal e ao emprego de seu particípio passado, é de comum ensino que se usa o verbo pagar apenas na forma irregular (pago), e isso com qualquer auxiliar, lembrando mesmo Otelo Reis que, "quanto ao particípio reg...
Pago
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 21/3/2007

Ter de

1) De acordo com lição de Napoleão Mendes de Almeida, a expressão ter de denota obrigatoriamente, portanto em si o significado de estar na obrigação de. Ex.: "O juiz não tinha de deferir o requerimento intempestivo formulado pelo ré...

1) De acordo com lição de Napoleão Mendes de Almeida, a expressão ter de denota obrigatoriamente, portanto em si o significado de estar na obrigação de. Ex.: "O juiz não tinha de deferir o requerimento intempestivo formulado pelo ré...
Ter de
Não há mais resultados para serem exibidos.