O que saiu em Migalhas sobre Alexandre de Gusmão
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Alexandre de Gusmão

Veja o que saiu no Migalhas sobre Alexandre de Gusmão
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 17/7/2019

Porandubas nº 628

Julho deveria ser na política, segundo Gaudêncio Torquato, o mês da diástole, da descontração, eis que é o período de férias escolares, recesso parlamentar. Mas não tem sido assim.

... nomes não valem nada? Alexandre de Gusmão Alexandre de Gusmão (1695 – 1753), o estadista que melhor interpretou a conveniência das regras do uti possidetis (o território pertence a quem tem o controle efetivo sobre ele) e das fronteiras naturais do Brasil. José...
Porandubas nº 628
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 9/10/2013

Porandubas nº 374

A entrada de Marina no PSB foi a bomba política do ano. Ela como candidata a vice, conseguirá?

...Cadeira nº 7, que ocupo, é Alexandre de Gusmão, o criador do Tratado de Madri, pelo qual o Brasil ganhou sua atual configuração geográfica. Gusmão é considerado o "avô da diplomacia brasileira". Canuto Canuto, rei dos...
Porandubas nº 374
/quentes
terça-feira, 11/8/2009

Cursos jurídicos - origem histórica

De acordo com a etimologia da palavra, “advogado” provém do latim “advocatus”, que se forma a partir de “vocati ad”. O significado disso tudo é “interceder a favor de”. Se alguém vai “interceder a favor” de outro é porque, certamente, exis...

De acordo com a etimologia da palavra, “advogado” provém do latim “advocatus”, que se forma a partir de “vocati ad”. O significado disso tudo é “interceder a favor de”. Se alguém vai “interceder a favor” de outro é porque, certamente, exis...
Cursos jurídicos - origem histórica
/amanhecidas
terça-feira, 20/1/2009

MIGALHAS nº 2.066

Terça-feira, 20 de janeiro de 2009 - Migalhas nº 2.066 - Fechamento às 9h11. "O tempo dará o tempo... Aquele que corre, cansa. Deixa o tempo dar o tempo... Quem espera, sempre alcança." Georgette de Magalhães Muniz Oba oba É ...

MIGALHAS nº 2.066
MIGALHAS nº 2.066
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 30/8/2006

Captar ou capitar?

1) Há, em Português, um número considerável de palavras que têm grafia e pronúncia parecidas, mas sentido totalmente diverso uma da outra. São as palavras parônimas. 2) Para não sair da esfera do Direito, citam-se alguns exemplos...

1) Há, em Português, um número considerável de palavras que têm grafia e pronúncia parecidas, mas sentido totalmente diverso uma da outra. São as palavras parônimas. 2) Para não sair da esfera do Direito, citam-se alguns exemplos...
Captar ou capitar?
Não há mais resultados para serem exibidos.