O que saiu em Migalhas sobre Ferreira Filho
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Ferreira Filho

Abel Ferreira Lopes Filho

Abel Ferreira Lopes Filho

Migalheiro desde agosto/2019.

Auditor fiscal do trabalho no Ministério da Economia.

Francisco Erasmo Ferreira da Costa Filho

Francisco Erasmo Ferreira da Costa Filho

Migalheiro desde fevereiro/2020.

Advogado do Setor Cível e de Direito Digital, do escritório Aguiar Advogados. Pós-graduado em Direito Tributário.

Juvenal Marques Ferreira Filho

Juvenal Marques Ferreira Filho

Migalheiro desde junho/2019.

/depeso
segunda-feira, 12/4/2021

A “ampliação do círculo de intérpretes da Constituição” (HÄBERLE, 2002) como método de controle de constitucionalidade de decisões da Corte Suprema

O controle de constitucionalidade, na sua concepção tradicional, é exercido tanto pelos poderes Legislativo e Executivo (controle preventivo), como pelo poder Judiciário (controle repressivo e, excepcionalmente, preventivo).

... – ou, como já advertia Ferreira Filho, ao temido “governo dos juízes”.11 Sob o aspecto processual-constitucional – e ressaltando-se que o presente trabalho não é desenvolvido mediante estudo de casos múltiplos, mas sim pelo método qualitativo...
A “ampliação do círculo de intérpretes da Constituição” (HÄBERLE, 2002) como método de controle de constitucionalidade de decisões da Corte Suprema
Ricardo Facundo Ferreira Filho

Ricardo Facundo Ferreira Filho

Migalheiro desde abril/2020.

Mestrando em Direito Constitucional pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Pós-graduado em Direito Constitucional. Advogado da União.

Roberto Ferreira Filho

Roberto Ferreira Filho

Migalheiro desde abril/2021.

Juiz de Direito do TJ-MS.

Manoel Caetano - Candidato à presidência da OAB/PR
TV Migalhas
quarta-feira, 31/10/2018

Manoel Caetano - Candidato à presidência da OAB/PR

O candidato à presidência da OAB/PR Manoel Caetano Ferreira Filho apresenta, em 1 minuto, suas propostas para a seccional. Confira.

Manoel Gonçalves Ferreira Filho - Neoconstitucionalismo
TV Migalhas
quarta-feira, 4/4/2018

Manoel Gonçalves Ferreira Filho - Neoconstitucionalismo

Em entrevista à TV Migalhas durante o segundo dia do VI Fórum Jurídico de Lisboa, o professor emérito do curso de Direito da USP Manoel Gonçalves Ferreira Filho falou sobre o neoconstitucionalismo. Segundo Ferreira, a lei deve ser a verdadeira expressão da vontade geral e é ela que deve pautar a atuação do governo e da Justiça. Confira!

Manoel Gonçalves Ferreira Filho - STF e Constituição
TV Migalhas
quarta-feira, 4/4/2018

Manoel Gonçalves Ferreira Filho - STF e Constituição

Em entrevista à TV Migalhas durante o segundo dia do VI Fórum Jurídico de Lisboa, o professor emérito do curso de Direito da USP Manoel Gonçalves Ferreira Filho abordou a análise de questões políticas pelo STF e a necessidade de se interpretar a Constituição Federal corretamente. Para ele, "a compreensão do texto constitucional não exige mais do que bom senso". Veja!

OAB/SP 85 anos | São José do Rio Preto
TV Migalhas
quarta-feira, 27/9/2017

OAB/SP 85 anos | São José do Rio Preto

A 22ª Subseção da OAB/SP, situada na cidade de São José do Rio Preto, foi oficialmente fundada simultaneamente à OAB/SP, em 1932. Naquele ano, o dr. Luiz Nunes Ferreira Filho foi escolhido para dirigir a subseção.

/quentes
quinta-feira, 3/11/2011

Justiça quebra exclusividade bancária em SC

O juiz de Direito Luiz Antonio Zanini Fornerolli, da Fazenda Pública de Florianópolis/SC, quebrou o monopólio do BESC - Banco do Estado de Santa Catarina nas operações de crédito consignado junto a servidores públicos catarinenses. A Febrab...

O juiz de Direito Luiz Antonio Zanini Fornerolli, da Fazenda Pública de Florianópolis/SC, quebrou o monopólio do BESC - Banco do Estado de Santa Catarina nas operações de crédito consignado junto a servidores públicos catarinenses. A Febrab...
Justiça quebra exclusividade bancária em SC
/depeso
quinta-feira, 11/3/2010

Primeiras linhas do Estado constitucional e humanista de direito

No Estado constitucional e humanista de direito, que constitui a última evolução do sistema jurídico, são fontes normativas (que se dialogam).

No Estado constitucional e humanista de direito, que constitui a última evolução do sistema jurídico, são fontes normativas (que se dialogam).
Primeiras linhas do Estado constitucional e humanista de direito
/amanhecidas
segunda-feira, 24/4/2006

MIGALHAS nº 1.398

Segunda-feira, 24 de abril de 2006 - Migalhas nº 1.398 - Fechamento às 11h.   "Assim é sempre o coração do homem, a revolver-se no constante ser e não ser em que se escoa a vida humana." José de Alencar, "O Ermitão da Glória" Cora...

MIGALHAS nº 1.398
MIGALHAS nº 1.398
Não há mais resultados para serem exibidos.