O que saiu em Migalhas sobre Guilherme Fiuza
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Guilherme Fiuza

/quentes
quarta-feira, 22/4/2015

Época e jornalista não devem indenizar PT por texto sobre corrupção

Juiz da 37ª vara Cível do RJ considerou que busca da condenação judicial configura "forma velada de censura".

...interesses da Editora Globo no feito. Guilherme Fiuza, por sua vez, é representado pelo advogado Alexandre de Oliveira Kronig. Processo: 0173652-02.2013.8.19.0001 Confira a...
Época e jornalista não devem indenizar PT por texto sobre corrupção
/amanhecidas
quarta-feira, 22/4/2015

MIGALHAS nº 3.600

Informações jurídicas de quarta-feira, 22 de abril de 2015.

...interesses da Editora Globo no feito. Guilherme Fiuza, por sua vez, é representado pelo advogado Alexandre de Oliveira Kronig. (Clique aqui) Títulos em concurso - Cartórios O ministro Marco Aurélio suspendeu decisão do...
MIGALHAS nº 3.600
/amanhecidas
terça-feira, 8/11/2011

MIGALHAS nº 2.751

Terça-feira, 8 de novembro de 2011 - Migalhas nº 2.751 - Fechamento às 10h40. Rosa - "Toda a festa humana é incompleta sem a sua fragrância." Eça de Queirós(Clique aqui) O minuano soprou Ares novos na Suprema Corte. A gaúcha Ros...

...a quantia do jornalista Guilherme Fiúza, autor do livro "Meu nome não é Johnny". Carvalho alega que o personagem Alex, paraplégico vivido pelo ator André di Biase, foi inspirado nele. (Processo : 0028427-24.2008.8.19.0001)...
MIGALHAS nº 2.751
/quentes
quarta-feira, 19/1/2011

TJ/RJ - Editora e autor do livro "Meu nome não é Johnny" terão que pagar indenização

Walter Luiz de Carvalho vai receber R$ 10 mil por danos morais da Editora Record e de Guilherme Fiúza, autor do livro “Meu nome não é Johnny”, por fazerem alusão à sua pessoa na obra e no filme homônimo sem autorização.

...merece a obra do conceituado jornalista Guilherme Fiuza, abordando o triste cenário do consumo e tráfico de drogas ilícitas na classe média/alta da sociedade e, como muito bem observado pela ilustre Juíza sentenciante,...
TJ/RJ - Editora e autor do livro "Meu nome não é Johnny" terão que pagar indenização
/amanhecidas
quarta-feira, 19/1/2011

MIGALHAS nº 2.552

Quarta-feira, 19 de janeiro de 2011 - Migalhas nº 2.552 - Fechamento às 12h01.   "Bofetão - Gesto que muda completamente de significação segundo se dá ou se recebe." Jules Normand Legítima defesa TJ/DF absolve hom...

...editora Record e o jornalista Guilherme Fiuza, autor do livro "Meu Nome Não É Johnny", a pagar indenização de R$ 10 mil a Walter Luiz de Carvalho, que teve sua atuação como traficante contada no livro e no filme. (Clique...
MIGALHAS nº 2.552
/quentes
sexta-feira, 18/4/2008

Advogado do escritório Ruiz Filho e Kauffmann Advogados Associados participa de debate sobre a cobertura da imprensa no caso Isabella

Meios de comunicação A cobertura da imprensa sobre a morte da menina Isabella Nardoni foi o tema do Observatório da Imprensa exibido no dia 15/4 pela TV Brasil e pela TV Cultura. O convidado do estúdio doRJ foi o jornalista Guilh...

Meios de comunicação A cobertura da imprensa sobre a morte da menina Isabella Nardoni foi o tema do Observatório da Imprensa exibido no dia 15/4 pela TV Brasil e pela TV Cultura. O convidado do estúdio doRJ foi o jornalista Guilh...
Advogado do escritório Ruiz Filho e Kauffmann Advogados Associados participa de debate sobre a cobertura da imprensa no caso Isabella
/amanhecidas
sexta-feira, 18/4/2008

MIGALHAS nº 1.882

Sexta-feira, 18 de abril de 2008 - Migalhas nº 1.882 - Fechamento às 11h. "Um homem sensato pode ter pressa, nunca precipitação." Chesterfield (1694-1773) Por atacado STJ já se prepara para a mudança no CPC, a qual estabelece o "pr...

MIGALHAS nº 1.882
MIGALHAS nº 1.882
Não há mais resultados para serem exibidos.