O que saiu em Migalhas sobre Joao Luiz
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Joao Luiz

João L. C. Barbuto

João L. C. Barbuto

Migalheiro desde abril/2020.

João Luiz Coelho da Rocha

João Luiz Coelho da Rocha

Migalheiro desde setembro/2017.

Pós-graduado em Direito empresarial pela Fundação Getúlio Vargas, professor de Direito Comercial da PUC-RJ e advogado do escritório Bastos-Tigre, Coelho da Rocha, Lopes e Freitas Advogados.

/quentes
sexta-feira, 15/3/2019

Advogados se manifestam em favor de colega preso na Itália pela Lava Jato

Manifesto conta com 265 assinaturas. Confira.

... João Lima Arantes 124. João Luiz de A. M. Maia 125. João Marcos Braga de Melo 126. João Paulo de Oliveira Boaventura 127. João Paulo Martinelli  128. João Ricardo Dornelles 129. João Tancredo 130. José Augusto Rodrigues Jr. 131. José...
Advogados se manifestam em favor de colega preso na Itália pela Lava Jato
/quentes
quinta-feira, 16/5/2013

Senado devolve simbolicamente mandato a Prestes

Sessão especial está marcada para 15h30.

...neta Ana Maria e os netos João Luiz e Eduardo. Representando Chermont estarão o neto Carlos e a bisneta Ana Paula. Resgate Eleito em 1945 pelo então PCB com a maior votação proporcional da história política...
Senado devolve simbolicamente mandato a Prestes
/quentes
quarta-feira, 17/3/2010

TJ/SP condena promotor de Justiça por tentar matar esposa

O Órgão Especial do TJ/SP condenou hoje, 17/3, o promotor de Justiça João Luiz Portolan Galvão Minniccelli Trochmann a cinco anos de reclusão e à perda do cargo. Ele foi acusado de lesão corporal gravíssima, por ter atirado contra sua ex-mu...

O Órgão Especial do TJ/SP condenou hoje, 17/3, o promotor de Justiça João Luiz Portolan Galvão Minniccelli Trochmann a cinco anos de reclusão e à perda do cargo. Ele foi acusado de lesão corporal gravíssima, por ter atirado contra sua ex-mu...
TJ/SP condena promotor de Justiça por tentar matar esposa
/quentes
quarta-feira, 18/11/2009

Restituição do IPVA, uma garantia bem legal, afirma advogado

Na virada do ano muitas pessoas utilizam o 13° salário para quitar impostos e acertar dívidas antigas. Mas segundo o advogado dr. João Luiz Cunha dos Santos, do escritório Carlos Mafra de Laet Advogados, "o que muitos desconhecem é que aq...

Na virada do ano muitas pessoas utilizam o 13° salário para quitar impostos e acertar dívidas antigas. Mas segundo o advogado dr. João Luiz Cunha dos Santos, do escritório Carlos Mafra de Laet Advogados, "o que muitos desconhecem é que aq...
Restituição do IPVA, uma garantia bem legal, afirma advogado
/quentes
quinta-feira, 5/3/2009

TJ/AL - Juiz despacha processos dentro de presídio em Arapiraca

Desde que assumiu a vara de Execuções Penais da comarca de Arapiraca, no início de fevereiro deste ano, o juiz João Luiz Azevedo Lessa tem chamado atenção para um trabalho que é incomum no país. Todas as terças-feiras, o magistrado e sua eq...

Desde que assumiu a vara de Execuções Penais da comarca de Arapiraca, no início de fevereiro deste ano, o juiz João Luiz Azevedo Lessa tem chamado atenção para um trabalho que é incomum no país. Todas as terças-feiras, o magistrado e sua eq...
TJ/AL - Juiz despacha processos dentro de presídio em Arapiraca
/quentes
quinta-feira, 6/3/2008

Um crime hediondo que foi o estopim para o fim da pena de morte no Brasil

Manuel da Mota Coqueiro O acusado de mandar matar Francisco Bennedito da Silva e sua família, entrou para a história como o último condenado à morte que teve a pena executada no Brasil. Após sua execução em 6 de março de 1855 por ...

Manuel da Mota Coqueiro O acusado de mandar matar Francisco Bennedito da Silva e sua família, entrou para a história como o último condenado à morte que teve a pena executada no Brasil. Após sua execução em 6 de março de 1855 por ...
Um crime hediondo que foi o estopim para o fim da pena de morte no Brasil
/quentes
quinta-feira, 16/8/2007

Resultado da Promoção 180 anos - Responsabilidade Civil

180 No mês do advogado, Migalhas surpreende e presenteia várias leitores diariamente Neste mês de agosto o meio jurídico comemora os 180 anos da criação dos "Cursos Jurídicos no Brasil". São 180 anos de um intenso e árdu...

180 No mês do advogado, Migalhas surpreende e presenteia várias leitores diariamente Neste mês de agosto o meio jurídico comemora os 180 anos da criação dos "Cursos Jurídicos no Brasil". São 180 anos de um intenso e árdu...
Resultado da Promoção 180 anos - Responsabilidade Civil
/amanhecidas
quinta-feira, 16/8/2007

MIGALHAS nº 1.719

Quinta-feira, 16 de agosto de 2007 - Migalhas nº 1.719 - Fechamento às 11h. "Todo ser humano tem direito à liberdade de opinião e expressão ; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar receber e t...

MIGALHAS nº 1.719
MIGALHAS nº 1.719
Não há mais resultados para serem exibidos.