O que saiu em Migalhas sobre Jose De Sa Nunes
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Jose De Sa Nunes

/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 2/3/2016

Nunca jamais – Está correto?

Nunca jamais – Está correto? O Professor esclarece a dúvida.

...comentários específicos, José de Sá Nunes acata o emprego dessa expressão, como se verifica na seguinte passagem de sua própria lavra: "Esta é que é a sintaxe que me parece mais segura, porque desde Morais até...
Nunca jamais – Está correto?
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 17/12/2014

Propositadamente ou Propositalmente?

Propositadamente ou Propositalmente? O Professor esclarece a dúvida.

...voluntário, deliberado. 5) José de Sá Nunes, num primeiro aspecto, afiança não ser propositalmente um vocábulo do léxico português, para o que traz abono de Rui Barbosa e de Ernesto Carneiro Ribeiro. 6) Ao depois,...
Propositadamente ou Propositalmente?
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 29/10/2014

Não obstante – Está correto?

Não obstante – Está correto? O Professor esclarece a questão.

...vernáculo. 3) Esclareça-se com José de Sá Nunes: "Obstante é o particípio do presente do verbo obstar, o qual entra na formação da locução prepositiva não obstante e da locução conjuntiva não obstante que. É trivialíssima...
Não obstante – Está correto?
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 4/4/2012

Viva os brasileiros! Ou Vivam os brasileiros!?

"Viva os reis!" ou "Vivam os reis!"? O Professor esclarece a dúvida.

...complemente com lição de José de Sá Nunes, o qual, a um consulente que lhe indagava se estava correta a expressão "Viva as férias!", respondeu de modo categórico: "Certa não está, pois o sujeito é as férias, com que deve...
Viva os brasileiros! Ou Vivam os brasileiros!?
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 8/11/2006

Haja vista

1) Independentemente de discussões teóricas e da divergência de interpretação dos gramáticos sobre o problema, há pelo menos quatro construções, todas corretas, com tal expressão. Exs.: a) "Haja vista aos argumentos que embasara...

1) Independentemente de discussões teóricas e da divergência de interpretação dos gramáticos sobre o problema, há pelo menos quatro construções, todas corretas, com tal expressão. Exs.: a) "Haja vista aos argumentos que embasara...
Haja vista
/coluna/gramatigalhas
quarta-feira, 25/5/2005

Consecução dos tempos verbais

1) Existem, em português, normas de correlação, de correspondência temporal ou, ainda, de consecução dos tempos verbais (em latim, com regras mais rígidas, “consecutio temporum”), determinadoras de harmonização quanto ao uso das forma...

1) Existem, em português, normas de correlação, de correspondência temporal ou, ainda, de consecução dos tempos verbais (em latim, com regras mais rígidas, “consecutio temporum”), determinadoras de harmonização quanto ao uso das forma...
Consecução dos tempos verbais
Não há mais resultados para serem exibidos.