O que saiu em Migalhas sobre Roland Barthes
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Roland Barthes

Veja o que saiu no Migalhas sobre Roland Barthes
/coluna/abc-do-cdc
quinta-feira, 4/7/2019

Vamos falar um pouco do mito na sociedade capitalista contemporânea

Vamos falar um pouco do mito na sociedade capitalista contemporânea.

...o é uma fala1" , afirma Roland Barthes. Naturalmente, como diz o semiólogo francês, não é uma fala qualquer. Trata-se de um sistema de comunicação, de uma mensagem. E, como mensagem, pode ser representada por um texto escrito ou oral, assim como...
Vamos falar um pouco do mito na sociedade capitalista contemporânea
/coluna/abc-do-cdc
quinta-feira, 7/11/2013

A vida privada como produto de consumo – parte I

A questão polêmica das biografias é tema da coluna.

...vaticinou, no século passado, Roland Barthes, falecido em 1980. E, de fato, vivemos uma crise do privado; estamos numa época em que parece que não há mais o segredo, o sagrado, a intimidade; época em que tudo é abertamente...
A vida privada como produto de consumo – parte I
/coluna/abc-do-cdc
quinta-feira, 25/10/2012

A presença do mito na sociedade capitalista contemporânea

O colunista demonstra a presença do mito, seus símbolos e rituais na sociedade capitalista contemporânea.

...mito é uma fala"1, afirma Roland Barthes. Naturalmente, como diz o semiólogo francês, não é uma fala qualquer. Trata-se de um sistema de comunicação, de uma mensagem. E, como mensagem, pode ser representada por um texto...
A presença do mito na sociedade capitalista contemporânea
/coluna/migalaw-english
segunda-feira, 23/1/2012

A pele que habito - parte 1

A pele que habito1 Todo mundo já deve ter passado por uma situação em que foi mal entendido. Nessas horas, é comum nos lembramos de nossos pais, irmãos, amigos, enfim, de gente próxima que certamente nos 'entenderia'. E essa lembrança ...

...relação fraternal nos concede. Roland Barthes, em seus Fragmentos de um Discurso Amoroso, descreveu essa relação como portadora de uma linguagem semelhante a uma pele. Uma pessoa "esfregaria sua pele" na outra. Ela teria...
A pele que habito - parte 1
/depeso
quarta-feira, 11/3/2009

Construção de uma ideologia estrutural da auditoria jurídica

Este trajeto em Migalhas não diferirá do escopo dos anteriores, quando à finalidade. A pretensão é dar-lhe novo formato. Terá aprofundamento das idéias marcadas ao longo do percorrer das meditações, das reflexões, das pesquisas, das critica...

Este trajeto em Migalhas não diferirá do escopo dos anteriores, quando à finalidade. A pretensão é dar-lhe novo formato. Terá aprofundamento das idéias marcadas ao longo do percorrer das meditações, das reflexões, das pesquisas, das critica...
Construção de uma ideologia estrutural da auditoria jurídica
Não há mais resultados para serem exibidos.