segunda-feira, 16 de maio de 2022

TUDO SOBRE

  1. Home >
  2. Tudo sobre > Vinicius Marques De Carvalho

O que saiu em Migalhas sobre Vinicius Marques De Carvalho

facebooktwitterlinkedinwhatsapp
Migalhas Quentes Cade firma acordo com Camargo Corrêa na investigação de cartel em licitações da Petrobras
quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Cade firma acordo com Camargo Corrêa na investigação de cartel em licitações da Petrobras

Empresa confirmou a ocorrência do ilícito anticompetitivo e se comprometeu a pagar multa de R$ 104 mi.

Empresa confirmou a ocorrência do ilícito anticompetitivo e se comprometeu a pagar multa de R$ 104 mi.
Migalhas Quentes Cartéis se sofisticam e assumem novas formas, diz presidente do Cade
segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Cartéis se sofisticam e assumem novas formas, diz presidente do Cade

Os problemas concorrenciais foram debatidos em evento na última semana.

...com o presidente do Cade, Vinícius Marques de Carvalho, isso ocorre em qualquer setor do mercado - seja qual for o negócio. "O problema não está limitado ao Brasil. O relatório da Organização para a Cooperação e...
Migalhas Quentes Cade multa em R$ 300 mi cartel internacional de transporte aéreo de cargas
quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Cade multa em R$ 300 mi cartel internacional de transporte aéreo de cargas

Troca de informações visava coordenar a aplicação do adicional de combustível, mas tratava também do preço final do serviço.

...destacou o presidente do Cade, Vinicius Marques de Carvalho. Segundo o conselheiro Ricardo Machado Ruiz, relator do caso, "A troca de informações visava coordenar a aplicação do adicional de combustível, mas tratava...
Migalhas de peso Política Industrial e defesa da concorrência
terça-feira, 5 de agosto de 2008

Política Industrial e defesa da concorrência

O Governo Federal apresentou recentemente a nova Política Industrial para incentivar o setor produtivo. Além de metas objetivas, como a elevação da taxa de investimentos de 16,5% do PIB (em 2006), para 21%, (em 2010) e aumento de gastos em P&D, serão reservados para alguns setores estratégicos – notadamente, bens de capital, saúde, energia, tecnologia da informação e biotecnologia – linhas de financiamento e isenções fiscais para alavancar a competitividade e o desenvolvimento tecnológico.

O Governo Federal apresentou recentemente a nova Política Industrial para incentivar o setor produtivo. Além de metas objetivas, como a elevação da taxa de investimentos de 16,5% do PIB (em 2006), para 21%, (em 2010) e aumento de gastos em P&D, serão reservados para alguns setores estratégicos – notadamente, bens de capital, saúde, energia, tecnologia da informação e biotecnologia – linhas de financiamento e isenções fiscais para alavancar a competitividade e o desenvolvimento tecnológico.