Quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

ISSN 1983-392X

"Não concordo com vitimismo de raça alguma (Migalhas 4.741 – 29/11/19 - XI de Agosto). A redação dada à matéria que mostra que o XI de agosto é presidido por uma mulher negra pela primeira vez é tal que passa a nítida impressão que mulheres e negras não tem capacidade para presidir nada e são colocadas em cargos como esse para agradar a esquerda. Notem também que na chapa eleita não há nenhum amarelo. Concordo com o jornalista Sérgio Nascimento de Camargo - presidente da Fundação Palmares – que, como ressalta Migalhas, foi polêmica pois não agradou à esquerda. Camargo se  define como negro de direita, contrário ao vitimismo e ao politicamente correto. Será que um dia haverá lucidez suficiente para percebermos que somos todos seres humanos e iguais? O ideal está no equilíbrio."

Jurema M. Pimenta - 3/12/2019

Comente