Segunda-feira, 14 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

Acessibilidade

Advogado pede que TJ/SP adote medidas de acessibilidade para deficientes físicos

Entre os pedidos, está a instalação de placas de estacionamento de vaga especial.

sábado, 17 de setembro de 2016

O advogado Carlos Alexandre Klomfahs apresentou pedido de providências à presidência do TJ/SP para que adote as providências cabíveis para a acessibilidade aos prédios e fóruns da capital e de todo o Estado de São Paulo, pelos deficientes físicos ou com mobilidade reduzida.

Klomfahs relatou que ele e seu cliente e advogado, Pedro Soler, que é cadeirante, despacharam no TJ e tiveram "inúmeras dificuldades, inclusive para estacionar na frente do prédio, por falta de instalação de “Placa de Vaga Especial para Deficientes”, bem como pelo fato de não recebermos a ajuda que foi solicitada à equipe de segurança do Tribunal, para auxiliar à retirara da cadeira de rodas elétrica do veículo, que só pode ser retirada por duas pessoas, tendo que buscar ajuda de transeuntes".

Assim, em nome de seu colega e de todos os eventuais portadores de deficiências, o advogado requereu "que sejam orientados os seguranças a prestarem auxílio aos deficientes físicos e a seus acompanhantes, naquilo que for possível, com presteza e gentileza".

Também pleiteou que o Tribunal promova campanhas informativas e educativas sobre os direitos da pessoa portadora de deficiência dirigida aos servidores e aos funcionários dos tribunais e dos fóruns.

Por fim, pediu a instalação de placas de estacionamento de vaga especial para deficientes físicos ou mobilidade reduzida.

Veja a íntegra do pedido de providências.

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes