Encerrado

 

 

  • Data: 17 de junho de 2004
  • Horário: 9h às 18h30
  • Local: Meliá Jardim Europa, rua João Cachoeira, 107, Itaim, São Paulo/SP

Grandes empresas, dentre elas a Petrobras, viraram em 90º o eixo de suas estruturas para implantar a gestão por processos. Por que? Porque este modelo de gestão é o mais adequado para responder com agilidade às demandas de mercado e clientes, mantendo sua competitividade e rentabilidade.

 

A partir do redesenho da estrutura organizacional, a gestão por processos pressupõe a produção ou prestação de serviços de forma melhor, mais rápida e, principalmente, com o menor custo possível. Permite ainda uma visão abrangente e transparente do negócio facilitando e agilizando decisões estratégicas.

 

Porém, mexer na estrutura de uma organização não é uma tarefa fácil, nem se implementa do dia para a noite. A InterNews desenvolveu este curso de um dia, com especialistas no assunto apresentando como deve ser feita a implantação desta metodologia e suas vantagens, trazendo o caso da Petrobras que implementou a gestão por processos com grande sucesso em sua estrutura. Para que você possa conhecer as principais etapas e estratégias para o sucesso em sua empresa.

 

Objetivo

 

Este treinamento pretende transmitir a experiência prática desenvolvida na Área de Gás e Energia da Petrobras, na construção de um modelo capaz de integrar a gestão estratégica tradicional (BSC) à gestão da rotina, representada nos processos, chegando até a monitoração do desempenho de cada empregado. Vale observar que este projeto tem sido apresentado em diversos eventos, tanto no Brasil quanto no exterior (Finlândia e U.S.A.) e tem despertado grande interesse de diversas grandes empresas, que realizaram visitas à Petrobras, em busca de informações mais detalhadas; neste caso, podem ser citadas Caixa Econômica Federal, FUNCEF, Copesul, T-Systems, Sul America, Politeno, Petrobras Distribuidora e TBG.

 

 

Metodologia

 

Baseada na experiência prática dos instrutores, enriquecida, sempre que necessário, por breves nivelamentos teóricos sobre as metodologias que suportam o modelo. São tratados com especial cuidado os aspectos comportamentais e humanos, capazes, de alguma forma, de impactar o desenvolvimento de um modelo como este.

 

Desenvolvimento durante o curso de um modelo prático

 

Programa

 

9h — 10h

 

1. Introdução

 

  • Histórico
  • Apresentação da estrutura do modelo a ser construído
  • A importância da integração em todos os níveis: estratégias, processos e dados

2. Plano Estratégico

  • Objetivos
  • Processos usuais de elaboração (centralização)
  • Dificuldades usuais de comunicação, implementação e acompanhamento

10h — 10h20

Coffee Break

 

 

10h20 — 12h30

3. BALANCED SCORECARD

  • Principais Conceitos
  • Comunicação do Plano Estratégico: Mapa Estratégico
  • Lógica de causa-e-efeito dos Objetivos do Mapa Estratégico
  • Mensuração: Estabelecimento dos Indicadores
  • Estabelecimento do nível de desempenho desejado: metas

 

4. Viabilização dos Objetivos

  • Identificação dos Fatores Críticos de Sucesso
  • Identificação dos projetos críticos
  • Identificação dos processos críticos
  • Alocação de responsabilidades / Tarefas Individuais
  • Acompanhamento do Plano: Indicadores e planos de ação
  • Processo de elaboração e consistência com o Plano Estratégico

 

12h30 — 14h

Almoço

 

 

14h — 16h30

 

5. Mapeamento e Modelagem de Processos

  • Principais Conceitos
  • Experiência prática para o Modelo: metodologia, conceitos e teorias
  • Metodologia do mapeamento: a busca da verdade
  • O conceito de valor agregado
  • Mapa de Relacionamentos Externos
  • Identificação dos processos
  • O conceito de camadas de detalhamento
  • Tipos de fluxos identificados e casos de utilização
  • Padronização de representação gráfica
  • Exemplo de área de negócio mapeada
  • modelo estático e modelo dinâmico (com indicadores de desempenho)
  • o modelo como gestor do conhecimento da organização
  • documentação

 

16h30 — 16h50

Coffee Break

 

 

16h50 — 18h30

 

6. Utilizando o Modelo para a Gestão de Desempenho

  • Identificação de indicadores de processos
  • Desdobramento em indicadores individuais
  • Negociação de metas
  • Acompanhamento

7. O enriquecimento do Modelo

  • Gestão de documentos
  • Acompanhamento orçamentário

 

18h30

Encerramento do curso

 

 

Instrutores

 

Hugo Coelho de Alvarenga Peixoto

Engenheiro Mecânico e Analista de sistemas. Atua na Petrobras desde de 1992 atualmente ocupa a posição de Gerência Estratégica de Informações da Área de Gás e Energia. Foi responsável pela implementação do sistema de Gestão de Processos com sucesso em sua área, servindo como base para a implementação em outras áreas da empresa.

 

Mário J. D. Tavares

Engenheiro Eletrônico e Mestre em Gerenciamento de Produção de Petróleo pelo Imperial College - Universidade de Londres.

Gerente Avaliação Empresarial de Gás e Energia da Petrobras desde 2001. Especialista em planejamento estratégico e Balanced Scorecard.

 

Nivaldo Machado

Diretor Gerente da NL Machado Consultores, é consultor na área de Desempenho Empresarial, através de Planejamento Estratégico e Modelagem de processos de negócios. MBA pelo ITA e ESPM, pós-graduado em administração financeira e logística pela FGV-SP. Desenvolveu projetos em empresas como Alcan do Brasil, Ford do Brasil, Nedlloyd Lines, Grupo Lachmann, MRS Logística, Grupo Accor e Petrobras.

 

 

Atenção!

  • Consulte sobre desconto especial para grupos.
  • Os pagamentos podem ser feitos por meio de depósito bancário ou cartão de crédito.
  • Estão inclusos custos de material, almoço, coffee break e estacionamento.

______

 

Ganhadora:

 

Sílvia Delman, do escritório Ricardo Arruda Filho Advogados 

 

 

 

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

TELEFONE

0800-177 707/ (11) 4612-0535

 

 

Publicado quinta-feira, 20 de maio de 2004