segunda-feira, 21 de setembro de 2020

ISSN 1983-392X

Carolina Smirnovas Quattrocchi

Migalheira desde maio/2020.

Migalhas de peso

Medidas colaborativas podem solucionar problemas contratuais

A ideia é a preservação dos contratos vigentes, e não o aumento da litigiosidade ou sua absoluta inviabilidade executiva. Leia

Carolina Smirnovas Quattrocchi e Patricia Trompeter Secher

26/5/2020
Migalhas Amanhecidas

MIGALHAS nº 4.859

... vigentes e um aumento de litígios? Veja o que falam as advogadas Carolina Smirnovas Quattrocchi e Patricia Trompeter Secher, do escritório Manesco, Ramires, Perez, Azevedo Marques Sociedade de Advogados. (Clique aqui) Ensino superior privadoOs advogados João Paulo Babini de Andrade e Carlos Fernandes C. F. de Andrade, do escritório Urbano Vitalino Advogados, tratam das repercussões jurídicas da pandemia da covid-19 no ensino superior privado. (Clique aqui) Direito Tributário Os advogados Claudia Cristina dos S. Abrosio e Daniel Franco Clarke (Ayres Ribeiro Advogados) analisam os reflexos e desdobramentos do acréscimo... Leia

26/5/2020
Migalhas Amanhecidas

MIGALHAS nº 4.747

Segunda-feira, 9 de dezembro de 2019 - Migalhas nº 4.747.Fechamento às 9h47. "No momento do perigo é que se conhecem os heróis." Monteiro Lobato Cobras e lagartos O aparecimento de uma serpente, supostamente uma jararaca, no fórum de Cachoeira do Arari, na Ilha de Marajó/PA, fez com que o juiz de Direito Leonel Figueiredo Cavalcanti suspendesse o expediente. Depois dizem que é fácil a vida nos fóruns... (Clique aqui) Honorários advocatícios Empresa que rescindiu contrato ad exitum deve pagar honorários advocatícios a escritório: R$ 218 mil. (Clique aqui) 5 centímetros acima... Leia

9/12/2019
Migalhas Amanhecidas

MIGALHAS nº 4.670

Quarta-feira, 21 de agosto de 2019 - Migalhas nº 4.670.Fechamento às 10h46. Registro Migalhas anuncia que, a partir de hoje, conta com mais um Apoiador: Metzker Advocacia Clique aqui  "Há indivíduos que só perdoam as ofensas depois de se vingarem delas."Carlos Drummond de AndradeLava Jato A PF madrugou hoje em SP e Salvador, tirando da cama o ex-diretor jurídico da Odebrecht, genro do dono, Maurício Ferro. (Clique aqui) A Grande Família Dizem que Marcelo Odebrecht tem ódio do cunhado, a quem imputa a costura da delação da empresa que o pôs em dura cana, deixando Maurício livre, leve e, sobretudo,... Leia

21/8/2019

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram