quinta-feira, 24 de setembro de 2020

ISSN 1983-392X

Juliane Franco de Sousa Almeida

Migalheira desde dezembro/2019.

Migalhas de peso

Internação compulsória do dependente químico com o advento da lei 13.840/19

A nova lei vem sendo bastante discutida, tendo em vista que trata de um assunto que gera grande repercussão social, vez que a dependência química é uma condição que historicamente sempre existiu e está intrinsicamente ligada às políticas públicas praticadas no combate e conscientização dos malefícios que acarretam o uso de entorpecentes. Leia

Juliane Franco de Sousa Almeida

6/12/2019
Migalhas de peso

Aspectos da “pejotização” dos médicos

É possível perceber que cabe ao profissional da saúde fazer uma avaliação bastante acurada acerca do tipo de contratação a qual vai se submeter, levando em consideração todos os benefícios trabalhistas e previdenciários que serão percebidos e garantidos no caso da vinculação trabalhista formal Leia

Juliane Franco de Sousa Almeida

5/8/2019
Migalhas Amanhecidas

MIGALHAS nº 4.746

... internação compulsória de dependentes químicos. Sobre o tema, Juliane Franco de Sousa Almeida, da banca Jacó Coelho Advogados, ressalta que não se pode ignorar o fato de que a referida legislação se consubstancia em inegável suporte à implementação das políticas de saúde pública. (Clique aqui) Marketing Jurídico O consultor Alexandre Motta, do Grupo Inrise, lista dicas de como enviar o currículo para o recrutador e como se portar diante de uma oportunidade. (Clique aqui) Semanário migalheiro Confira as matérias mais lidas desta semana em Migalhas: Pai deve indenizar filhos em R$ 120 mil por abandono... Leia

6/12/2019
Migalhas Amanhecidas

MIGALHAS nº 4.658

... profissional que se submete a esse tipo de relação contratual? Juliane Franco de Sousa Almeida (Jacó Coelho Advogados) discute. (Clique aqui) Trabalho intermitente A reforma trabalhista trouxe uma série de alterações legislativas importantes e uma das mais relevantes foi a regulamentação do trabalho intermitente. Diante disso, Bernardo José Normanha Ribeiro, do escritório Rocha e Barcellos Advogados, espera que a aprovação das reformas estruturais no Congresso (Previdência e tributária) possa aumentar a atividade econômica do Brasil e permitir o aumento no número de postos de trabalho. (Clique aqui) Contribuição... Leia

5/8/2019

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram