quarta-feira, 14 de abril de 2021

COLUNAS

Publicidade

É ou São?

quarta-feira, 29 de abril de 2020

O leitor Gustavo Zampronho envia a seguinte mensagem para a seção Gramatigalhas:

"O correto é 'Essas testemunhas é o time do processo cível', ou 'Essas testemunhas são o time do processo cível'? Muito obrigado e parabéns pelas explicações."

Envie sua dúvida


1) Um leitor indaga qual das construções a seguir é correta quanto à concordância do verbo ser: a) "Essas testemunhas é o time do processo cível"; b) "Essas testemunhas são o time do processo cível".

2) Ora, a mais básica regra de concordância verbal diz que o verbo concorda com o seu sujeito em número e pessoa. Exs.: a) "Eu vou ao cinema" (singular e primeira pessoa); b)"Eles vão ao cinema" (plural e terceira pessoa).

3) Com o verbo ser, entretanto, o que há de mais comum é sua tendência para concordar com o termo que estiver no plural (seja sujeito, seja predicativo), como comprovam os seguintes exemplos, ambos corretos. Exs.: a) "O problema eram os meus projetos" (verbo no plural concordando com o predicativo); b) "Os problemas eram o meu projeto" (verbo no plural concordando com o sujeito).

4) Embora essa seja a tendência mais comum do verbo ser nessa situação, vejam-se, entretanto, em seguida, exemplos de autores de peso que as contrariam: a) "Os responsórios e os sinos é coisa importuna em Tibães" (Camilo Castelo Branco); b) "Vestidos e modas é assunto para mulheres" (Domingos Paschoal Cegalla).

5) Atentando, de modo específico, aos exemplos trazidos pelo leitor para análise - a) "Essas testemunhas é o time do processo cível"; b) "Essas testemunhas são o time do processo cível" - podem-se fazer as seguintes afirmações: i) a regra geral de concordância é que o verbo concorda com o seu sujeito em número e pessoa; ii) com o verbo ser, todavia, a tendência mais comum é que ele concorde não necessariamente com o sujeito, mas com o termo que estiver no plural; iii) por essa razão, pode-se afirmar que o segundo exemplo trazido pelo leitor está em perfeita sintonia com essa corrente; iv) como isso é uma tendência, e não uma regra inflexível, também não é incomum que autores abalizados façam a concordância de acordo com a regra geral, isto é, com o sujeito, ou mesmo com o predicativo no singular, embora o sujeito esteja no plural; v) com base nessa última observação, também se pode afirmar a correção do primeiro de tais exemplos.

Atualizado em: 29/4/2020 09:10

Publicidade