sábado, 8 de maio de 2021

COLUNAS

Publicidade

Porandubas nº 115

quarta-feira, 3 de outubro de 2007

 

LULA, PRÊMIO NOBEL DE FÍSICA

Luiz Inácio Lula da Silva acaba de ser agraciado pela Academia de Ciências da Suécia com o prêmio Nobel de Física de 2008. Depois de 5 anos de experiências, Lula descobriu ser incorreta a lei da Impenetrabilidade, consagrada pela Física: "dois corpos não ocupam, ao mesmo tempo, um mesmo lugar no espaço". E que hipótese ele usou para comprovar a surpreendente tese ? Ei-la : contratar gente não incha a máquina estatal. Ao contrário, provoca enxugamento, racionalização, produtividade.

EFEITOS DA TESE

Os efeitos gerados pela revolucionária tese defendida pelo ícone da dinâmica social brasileira já se fazem sentir no campo da medicina. Assim, a congestão, definida como acumulação excessiva ou anormal de um fluido - muitas vezes o sangue - num órgão ou numa determinada parte do corpo recebe nova designação. Passa a se chamar choque de gestão. Da mesma forma, indigestão, que até o presente momento se conhece como estado de saturamento provocado por um excesso, também entra no novo conceito. Os excessos, portanto, querem dizer exatamente o antônimo, ou seja, faltas, carências. Engordar a estrutura com mais gente contratada é a mesma coisa que fazer emagrecer o corpo administrativo.

FÍSICOS E MÉDICOS NO HOSPÍCIO

Os sanatórios do Brasil começaram a receber, a partir de ontem, levas e levas de físicos e médicos atarantados com a nova descoberta. Viram esfacelados, da noite para o dia, os conhecimentos adquiridos ao longo de anos de estudo e labuta. O autor da façanha se orgulha de nunca ter estudado, pois o diploma do Senai basta para quem quiser ser presidente da República.

O STF E A FIDELIDADE

Tudo indica que o STF colocará os partidos nos eixos, ao decidir, hoje, que o mandato pertence às siglas e não aos parlamentares. O TSE já havia decidido nessa direção. É pouco provável, porém, que a decisão tenha efeito retroativo, apenando os parlamentares que mudaram de partido nos últimos meses, após a interpretação dada pelo Tribunal Eleitoral. Se a decisão contemplar o passado, é de se perguntar: como serão considerados os atos cometidos pelos atores políticos que mudaram de partido, na esteira das eleições realizadas após a Constituição de 1988 ? Nesse caso, o horizonte aponta para um tumulto jurídico. Prevê-se uma enxurrada de ações. Pessoas, empresas e entidades poderão questionar a legitimidade dos votos de parlamentares.

TV PÚBLICA

O governo enviará esta semana a MP que vai criar a TV Pública. Há caráter de urgência e relevância para se editar uma Medida Provisória com este escopo ? A banalização das MPs faz parte da desmoralização do Congresso. Aliás, a TV pública merece entrar no palco da discussão nacional. Ela poderá se transformar em gigantesca engrenagem a serviço da engenharia de mistificação das massas.

TEJE PRESO, SR. GERÚNDIO

Pois é, a imbecilidade grassa por toda a parte. Chegou de pára-quedas no Distrito Federal, onde o governador José Roberto Arruda (DEM) baixou o decreto nº 28.314 com a proibição: "Fica demitido o gerúndio de todos os órgãos do governo do DF". Esse ato espetaculoso tem um nome: factóide. Centenas de funcionários, ao lerem o decreto, devem ter abusado do "infeliz senhor": vamos estar comemorando a bela promessa de Campanha; vamos estar trabalhando para cumprir a feliz inspiração do nosso governador. Êta, Brasil que não se ajeita.

MÃOS SOBRE MÃOS

As mãos de Edir Macedo sob as mãos de Lula, por ocasião do aperto de botão que inaugurou a Record News, simbolizam a fome com a vontade de comer. Lula, com a fome de consolidar a boa imagem junto às massas; Macedo, com a fome de locupletar os cofrinhos do Império Record/Igreja Universal. Ocorre que Lula se fez presente a inauguração de uma TV ilegal. A lei proíbe que uma pessoa ou entidade não pode ter duas concessões na mesma cidade. E também não pode ter mais de cinco concessões.

A ILEGALIDADE

A TV Record diz que a Record News é de propriedade da Rede Mulher, que tem seus sócios, pessoas de confiança do marechal da Universal. É tudo um sofisma. Na verdade, os grupos pertencem a ele mesmo, Edir Macedo. Não fosse verdade, não seria ele o inaugurador-mor, ao lado de Lula, da nova emissora. Agora, a Record parte para o ataque à Rede Globo, a quem acusa de fazer "operação covarde". Ao que parece, Lulinha Paz e Amor não sabe que alimentou uma disputa de Guerra e Sangue.

MAIS BISPO

O bispo gosta mesmo de grana. Nos próximos dias, será lançada a biografia: Bispo, a história revelada de Edir Macedo, que receberá maciça dose de propaganda. Os fiéis da Igreja Universal serão induzidos a limpar das prateleiras, logo, logo, as 700 mil cópias, o dobro de uma obra de Paulo Coelho. Na esteira do provável sucesso, já se ouve falar de outro projeto: "Empresário da Fé, a história Edi-ficante e pouco revelada do Império da Universal". A conferir.

E TOME LENGALENGA

Este ano, 12 figuras do primeiro escalão ocuparam preciosos minutos da TV para vender o "peixe", ou seja, fazer uma auto-glorificação. Entre falas mais engraçadas, a de um tal de Altemir Gregolin vendendo literalmente o "PEIXE", dizendo se tratar de um alimento saudável, rico em proteínas e sais minerais. "Significa mais saúde e qualidade de vida para as pessoas". Marta Suplicy, ministra do Turismo, não deixou por menos: "O lazer é um direito e uma necessidade para o ser humano". Haja.... platitude. Para não dizer outra coisa.

COLLOR FECHA AS PORTAS

O senador Fernando Collor fechou as portas para o acesso aos arquivos de sua ligeira passagem pela presidência da República. O que há ali de tão misterioso ? Por que apenas ELLE não quer que a sociedade tome conhecimento do que se passou em seu governo ? Nenhum presidente agiu assim.

PAES GERA GUERRA

O secretário estadual de Turismo, Esporte e Lazer do governo Sérgio Cabral, do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, decidiu aceitar o convite do governador e desembarcar do PSDB, onde chegou a ser secretário do partido. Vai para o PMDB, partido que poderá lançá-lo candidato a prefeito. E a guerra começou, pois os aliados Anthony Garotinho, o prefeito César Maia e o presidente da Assembléia Legislativa e secretário-geral do PMDB, Jorge Picciani, rejeitam qualquer decisão imposta pelo governador Cabral.

VIANA E MERCADANTE, O TROCO

O senador Tião Viana, vice-presidente do Senado, esperava que Renan Calheiros lhe cedesse a cadeira. Por isso, foi um aliado fiel do presidente da Casa. O senador Aloizio Mercadante ficou em cima do muro também por conta da mercadoria que Renan vendeu e não entregou : a renúncia à presidência. Agora, querem dar o troco. A conferir.

CENTRAIS SINDICAIS

As Centrais Sindicais já passaram pela Comissão de Constituição e Justiça, de Finanças e Tributação e do Trabalho. O projeto está pronto para entrar na pauta do plenário, com parecer do deputado Vicente Paulo da Silva, Vicentinho (PT-SP). 10% do Imposto Sindical será recolhido anualmente para as entidades. O projeto fala apenas em Centrais de Trabalhadores. A pergunta fica no ar : se os empresários desejarem fundar uma Central Empresarial, é possível a acolhida pela nova legislação ? Ou seja, o pau que bate em Chico não pega também Francisco ?

MAIS UMA CENTRAL

Como Central virou coisa da moda - e coisa boa - vem mais uma Central por aí. Trata-se da Corrente Sindical Classista, que abrigará os comunistas do PV do B. Eles decidiram abandonar a CUT e formar uma nova entidade. Será a sétima, depois da CUT, Força Sindical, UGT, Nova Central, Conlutas e Intersindical.

CEBRASSE

Os sindicatos de prestação de Serviços, aliados a Federações e Confederações, estão criando a Central Empresarial de Serviços. Os empresários de serviços lutarão pela legalização de sua Entidade.

100 MIL VAGAS

O governo Lula já contratou cerca de 100 mil pessoas para a administração federal. As vagas foram preenchidas por concurso. A máquina incha. Na França, Nicolas Sarkozy faz o inverso : para cada dois funcionários aposentados, apenas uma vaga continua aberta. Além disso, Sarkozy concede um bônus para quem sai da administração pública e entra na administração privada.

LULA É O NOSSO YZOKRAS

Por tudo isso, Lula - que já ganhou o Prêmio Nobel de Física - recebe também o nome do título desta nota, Sarkozy ao contrário.

UNGER É MESMO POLÊMICO

Mangabeira Unger, o titular da Secretaria do Longo Prazo - que nem chegou a existir, é mesmo polêmico. No Templo da Elite da Indústria, o IEDI, fez uma palestra para altos empresários. E disse com todas as letras que o Brasil não precisa de uma política industrial. O arremesso de Unger não recebeu a unção dos presentes. Foi um bate-boca só.

CONSELHO AOS

Esta Coluna dedica sua última nota a pequenos conselhos aos políticos e governantes. Na semana passada, o espaço foi dedicado ao presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia. Hoje, volta sua atenção para o ministro da Comunicação, Franklin Martins.

1. Ilumine a TV Pública com a luz da independência, autonomia e verdade.

2. Tente, por todos os meios, evitar politicagem na pauta da nova rede.

3. Procure, desde o início, definir limites para a ação comunicativa da rede, de modo a evitar interferências e pressões.

4. E peça o chapéu se as recomendações e orientações na linha da independência não forem seguidas.

______________

Atualizado em: 3/10/2007 08:43

Publicidade