terça-feira, 19 de outubro de 2021

COLUNAS

  1. Home >
  2. Colunas >
  3. Porandubas Políticas >
  4. Porandubas nº 179

Porandubas nº 179

quarta-feira, 4 de março de 2009

Rima

Lacerda, governador de Guanabara, candidato à presidência da República, foi a Montes Claros, no norte de Minas, onde Aécio Neves divisa um pedaço nordestino de sua terra mineira. A cidade amanheceu com os muros pichados : "Lacerda rima com m...". No comício, à noite, Lacerda acabou o discurso assim : - Aos meus amigos, deixo um grande abraço. Aos meus adversários, a rima.

Puxão de orelhas

Até que enfim, Lula deu um puxão de orelhas no MST. Os assassinatos em Pernambuco e assumidos publicamente por lideranças do Movimento - sob o argumento de que foram cometidos sob legítima defesa - não convenceram. E o presidente da República, instado a discorrer sobre as mortes, não tinha alternativa que a de encostar o MST no canto do ringue. Ficou mal para Tarso Genro.

"A melhor definição do amor não vale um beijo de moça namorada." Machado de Assis

Justiça de Genro

Já para o ministro da Justiça, Tarso Genro, os assassinatos não apontam para o crescimento da violência no campo. São acidentes perfeitamente normais. Inteiramente inseridos e - compreensíveis - na esfera da luta pela terra. Tarso Genro é um dos quadros petistas bem preparados. Mas, em matéria de avaliação da violência dos Movimentos sociais, parece um guerreiro engajado. Desce do altar do Ministério da Justiça para se banhar nas águas sangrentas da violência no campo. Violência injustificável.

Palocci esperançoso

O deputado Antonio Palocci espera ser absolvido no processo que corre no STF. É o melhor nome do PT para o governo de São Paulo em 2010. Marta Suplicy saiu com a imagem ruim, depois da derrota para Gilberto Kassab na prefeitura paulistana. Aloizio Mercadante não tem um perfil talhado para o Executivo. Eduardo Suplicy carrega atrás de si um saco de pancadas dentro das próprias hostes petistas. Palocci contaria com simpatia de parcela do empresariado.

O socialista Skaf

Qual é o cruzamento de cabra com fechadura ? Não é bode expiatório. Absolutamente não. É Paulo Skaf, presidente da FIESP, como candidato do Partido Socialista Brasileiro ao governo do Estado de São Paulo. Não é piada. Pois o presidente da ex-toda poderosa Federação das Indústrias de São Paulo quer ser candidato a governador de qualquer jeito. Nem que seja pelo partido socialista. Os grandes partidos - ao que se sabe -, sondados, fizeram o que tinham de fazer : um "chega pra lá".

Jarbas isolado

Jarbas Vasconcelos se isola no PMDB após a bateria de acusações de corrupção no PMDB e em outros partidos. Jarbas acaba de dar a largada em direção à campanha de José Serra. Posiciona-se como um elo de aglutinação dentro do PMDB. Não terá sucesso. O partido não costuma tomar posição com antecedência. Hoje, a maior parcela partidária está com Dilma Rousseff.

"É fabuloso ser um louco quando se é bastante razoável". Canetti

CNI à vista

O próximo presidente da CNI deverá ser Robson Braga de Andrade, presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais, vice de Armando Monteiro, que, por sua vez, deseja ser candidato a senador pelo PTB de Pernambuco.

Os colecionadores

Elias Canetti faz a classificação : os ricos colecionam montes e rebanhos. Os homens não lhe interessam. Os detentores de poder colecionam homens. Montes e rebanhos nada significam para eles. Os famosos colecionam coros. Destes, querem escutar apenas os seus nomes.

Versão cubana

Pois é, depois de muitas histórias e versões, Erislandy Lara, um dos cubanos que fugiu da comitiva que veio ao Brasil para participar dos jogos panamericanos, no Rio, em 2007, dá sua versão : Lula teria perguntado se ele gostaria de ficar no Brasil. Ele disse que não. Até o presente, a versão mais freqüente era de que os dois fugitivos, ele e Guillermo Rigondeaux, teriam sido deportados pelo governo brasileiro. Tarso Genro sempre negou essa versão. E agora esse atleta, que se encontra Miami, depois de passar pela Alemanha, confirma que, por espontânea vontade, decidiu voltar para casa. Mas Lula desmente que tenha falado com o cubano. É história e versão para todo gosto.

A verdade, a verdade

Eu quero a verdade, eu quero a verdade, eu quero a verdade. Eis o grito dos aflitos na escuridão da eternidade.....!

Parabéns, presidente

Milton de Moura França é o novo presidente do Tribunal Superior do Trabalho. No discurso de posse, nesta segunda-feira, pregou a reformulação do modelo sindical, a reforma tributária e a nova regulação dos encargos sociais sobre o trabalho. É defensor de soluções negociadas.

"Esforça-se por saber cada vez menos e, para isso, precisa aprender cada vez mais". Canetti

"O latido de Deus em nós : o medo". Canetti

Ives e a flexibilização

Já o ministro Ives Gandra Martins Filho, filho do emérito e plural advogado Ives Gandra, defende a flexibilização das leis trabalhistas e a autonomia das negociações coletivas. Começo a desconfiar que a providência divina joga luzes mais fortes sobre a consciência político-jurídica de nossa pátria.

Vaccarezza

Já o líder do PT, deputado Cândido Vaccarezza, diz textualmente : "vamos ter de rediscutir a legislação trabalhista porque o mundo hoje é completamente diferente daquele no qual foi definida a CLT. As tecnologias fazem com que o homem produza muito mais no mesmo tempo de trabalho". Vaccarezza também recebeu as graças dos céus. Seria mais que útil que tentasse repassá-las para as cucas fechadas da CUT e adjacências...

O homem e a sombra

"O homem é. A sombra parece. O homem coloca a sua honra no próprio mérito, e é o supremo juiz de si mesmo; ascende à dignidade. A sombra põe o seu na estima alheia, e renuncia a julgar-se : descende". Pela lição de José Ingenieros, a conclusão é inexorável : há homens que não passam de sombras.

Lago afogado

Jackson Lago, governador do Maranhão, será afogado nas águas da cassação. Depois dele, serão julgados mais seis governadores, dos quais pelo menos quatro são submetidos a processos congêneres. O TSE começa a correr atrás da sentença do grande Rui Barbosa : "justiça atrasada não é justiça, senão injustiça qualificada e manifesta".

Parábola ou para a bola ?

Há doze apóstolos numa sala. Ao lado direito, escutam-se 298 profecias sobre o futuro imprevisível da Humanidade. Ao lado esquerdo, apenas quatro argumentos sobre os destinos previsíveis do Homem. De repente, se faz ouvir um poderoso discurso : "a justiça tarda, mas não falha". Uma revoada de abutres se reparte nos céus do cemitério. Alguns são abatidos em pleno ar.

Alencar no batente

José Todo Forte e Bem Disposto Alencar, vice-presidente da República, volta ao batente do poder em Brasília. Aplaudo todas as vezes em que esse Cidadão Brasileiro dá demonstrações de civismo e coragem. Não teme a morte. Teme as curvas mal traçadas da vida. Viva Zé Alencar.

Brasil em 1920 : 10 mil aptos

De acordo com os dados do censo de 1920, o Brasil, com 30 milhões de habitantes, tinha apenas 24% que sabiam ler e escrever. Os adultos masculinos alfabetizados, isto é, os que tinham direito de voto, não passariam de 1 milhão. Desse milhão, não mais de 100 mil, "cálculo otimista, têm, por sua instrução efetiva e sua capacidade de julgar e compreender, aptidão cívica no sentido político da expressão". Esse número, dizia o deputado Gilberto Amado, em 1925, poderia ser reduzido a 10 mil, se o conceito "aptidão cívica" fosse definido mais rigorosamente. O relato é do escritor José Murilo de Carvalho em Cidadania no Brasil.

Maia batendo forte

César Maia é um dos nossos melhores pensadores. Pode, até, não saber implementar suas próprias ideias. Mas sabe ocupar bem a mente. Volta ao seu ex-blog com uma tecnologia top de linha, twiter, uma rede social, que redistribui, via mensagem de texto para celular, atualizações e notícias de blogs.

Terceirização na mira

O projeto de lei 4302/98 - que trata da Terceirização de serviços e atualiza o Trabalho Temporário, objeto da lei 6019/74 -, poderá entrar na pauta da Câmara Federal nas próximas semanas. O presidente da Câmara, deputado Michel Temer, conversa a respeito com os líderes dos partidos.

A vida, encontro na circunstância

"Toda vida é achar-se dentro da 'circunstância' ou do mundo. Porque este é o sentido originário da idéia 'mundo'. Mundo é o conjunto de nossas possibilidades vitais. Não é, portanto, algo à parte e alheio à nossa vida, mas sua periferia autêntica. Representa o que podemos ser; portanto, nossa potencialidade vital. Esta tem que se concretizar para se realizar ou, dito de outra forma, só chegamos a ser uma parte mínima do que podemos ser". José Ortega Y Gasset em A Rebelião das Massas

IV FESP

O quarto Fórum Empresarial de Segurança Privada será realizado, entre 19 a 21 de março, em Águas de Lindóia, promovido pelo Sindicato da categoria, o Sesvesp. Os temas estão na ordem do dia : Final do Mês ou Final do Mundo: os negócios em 2009; Fusões como Ferramenta de Competitividade para Empresas de Médio Porte; A Vida que Vale a Pena ser Vivida; Cenários 2009; O empresário moderno não precisa fazer mágica, mas tem que dar um show. Palestrantes : Alfredo Passos, Luiz Gustavo Monteiro Sedrani, Clóvis de Barros Filho, Ricardo Amorim e Bianko.

A precisão

A precisão para os antigos egípcios era simbolizada por uma pluma que servia de peso num dos pratos da balança em que se pesavam as almas. Essa pluma levíssima tinha o nome de Maat, deusa da balança.

Conselho ao ministro da justiça

Esta coluna dedica sua última nota a pequenos conselhos a políticos, governantes e líderes nacionais. Na edição passada, o espaço foi destinado aos partidos de oposição. Hoje, volta sua atenção ao Ministro da Justiça, Tarso Genro:

1. Cuidado com as opiniões engajadas. Não diga como ministro o que pensa como militante da luta de classes.

2. É absurdo considerar quatro assassinatos no campo como coisa normal e inerente à atividade guerrilheira do MST. Esta é, infelizmente, a imagem que a imprensa transmitiu de seu pensamento.

3. O acervo de polêmicas sob sua responsabilidade direta é volumoso. Seria útil diminuir o peso, até para lapidação de seu perfil junto à sociedade.

____________

Atualizado em: 4/3/2009 10:35