segunda-feira, 19 de abril de 2021

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Administração de tempo

Com a competição que se encontra no universo jurídico, saber administrar o tempo determina o sucesso de um advogado.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

"Tempo é dinheiro", diz a famosa frase de Benjamin Franklin. Dentre todos os elementos que as pessoas precisam aprender a fazer funcionar, o tempo é o mais precioso deles. A habilidade de um profissional em lidar com o tempo afeta diretamente a qualidade, a quantidade e a própria satisfação com o seu trabalho. No mundo de hoje, com a competição que se encontra no universo jurídico, saber administrar o tempo determina o sucesso de um advogado.

 

Você já se perguntou como anda administrando este recurso na sua vida? Tem investido, encontrando espaço para fazer as atividades que precisa ou desperdiçado, sentindo-se frustrado com a dificuldade de achar uma sobra para realizar atividades que também lhe são caras?

 

Se você é uma das pessoas que se encaixa nesta segunda situação, este artigo foi escrito para você.

 

O que faz algumas pessoas, dentro de 24 horas, conseguirem produzir tanto e outras, em um mesmo período, praticamente nada? Qual é o segredo destes indivíduos que, apesar de bastante ocupados, conseguem fazer um dia render por dois?

 

Muitos de nós temos consciência de que não estamos conseguindo administrar bem o nosso tempo. Entretanto, é difícil saber aonde estamos errando e como faremos para mudar este cenário, mesmo sabendo que, quando conseguimos nos organizar, nos tornamos mais produtivos, diminuímos o estresse e a sensação de que estamos sendo atropelados pelos acontecimentos ao nosso redor, passando, portanto, a ter uma vida mais feliz.

 

Neste aspecto, abaixo enumeramos os desperdiçadores de tempo mais comuns, para que você veja em quais encaixa a sua vida:

 

- Falta de planejamento de agenda, deixando-se ser guiado pelas circunstâncias, perdendo o foco do trabalho que estava fazendo por conta, por exemplo, de uma ligação de um cliente ou e-mail que entra em sua caixa.

 

- Distrair-se facilmente dos afazeres do dia por causa de conversas em cafezinhos ou mensagens em whatsapp, terminando por não concluir os seus deveres ou usando muito mais tempo do que o necessário para fazê-los.

 

- Procrastinar as tarefas que não são agradáveis, acumulando-as, ao invés de lidar com cada uma, à medida que aparecem.

 

- Não se focar nas atividades, cometendo erros bobos ao escrever uma peça ou documento, tendo que voltar a fazê-los para corrigir estas desatenções. Perde-se um tempo que seria absolutamente desnecessário, caso o profissional tivesse se concentrado e feito corretamente numa primeira vez.

 

- Falta de organização no lugar de trabalho, deixando os objetos em lugares diversos, ao invés de colocá-los de volta no seu devido lugar, gastando um enorme tempo procurando-os quando se precisa deles.

 

- Dificuldade de priorizar as tarefas. Não saber o que é urgente e o que é importante e ainda perder tempo com tarefas que poderiam ser facilmente delegadas para outro advogado ou estagiário.

- Assumir um excessivo número de compromissos, por não saber dizer "não". Gerando estresse sobrecomum, por ter que resolver mais coisas do que pode lidar.

 

- Falta de estabelecimento de metas na vida. Isso faz com que o profissional não saiba qual o exato caminho que quer seguir, gerando uma maior dificuldade na separação daquilo que é realmente importante a ser feito e aquilo que é uma total perda de tempo.

 

Se você é um profissional do Direito e se identificou com algum ou vários destes erros mais cometidos, não se sinta mal. É mais comum do que você pensa se encaixar em alguma destas situações ou até mesmo achar que está vivendo em um turbilhão impossível de se parar.

 

Contudo, acredite, este não é um dos problemas mais difíceis de se resolver. Se você realmente deseja administrar melhor o seu tempo, saiba que com as ferramentas e os métodos do coaching é possível identificar quais são as suas grandes dificuldades, aumentar o seu foco, tranquilidade, controle, desenvolver habilidades e a melhor maneira de administrar o tempo para mudar a sua vida e sair desta assombrosa situação.

 

Vale a pena investir o seu tempo aprendendo a investi-lo? O seu retorno pode ser imensurável e a sua vida, incomparavelmente mais plena e feliz. Pense nisso!

 

_______________

 

*Maria Olívia Machado é coach, advogada e sócia da Thelema Coaching para Advogados.

*Ana Barros é coach, advogada e sócia da Thelema Coaching para Advogados.

 

Atualizado em: 5/11/2014 14:46

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

Publicidade