Encerrado


Seminário

Aproveitamento de créditos tributários federais

  • Data: 7/11
  • Horário: 14h30 às 17h50
  • Local: Av. Angélica, 2510 – cjs. 31 a 34 – Higienópolis - São Paulo/SP

Objetivo

Pelos mais diversos motivos, muitas empresas têm direito de obter da Receita Federal a compensação ou a restituição de tributos pagos. Isso ocorre principalmente no caso das empresas possuírem créditos em virtude de isenções legais. É o caso, por exemplo, de cooperativas que, isentas de Imposto de Renda, têm 1,5% descontado de suas faturas. O mesmo ocorre com as empresas exportadoras, quanto às contribuições PIS e COFINS, ou empresas que tenham pago tributos indevidamente, além de muitos outros casos. A compensação ou a restituição são procedimentos administrativos cada vez mais morosos no âmbito da Receita Federal. Neste evento, os palestrantes - que são especialistas no assunto - apresentarão uma análise completa sobre as formalidades por trás dos pedidos de compensação e restituição, além de apresentarem as medidas judiciais cabíveis no caso de demora excessiva ou exigências ilegais por parte do Fisco.

Público alvo

Empresários, advogados, contadores, auditores, economistas e demais profissionais responsáveis pelas áreas fiscal e financeira das empresas.

Programação

14h às 14h30 - Credenciamento

14h30 às 15h50

- Luciano Inocêncio dos Santos
Contabilista, graduando em direito pela Universidade São Francisco. Especializado em direito tributário pela IBDT. Consultor tributário com expertise em tributos diretos e planejamento tributário. Membro da Primeira Seção do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais - CARF do Instituto Cidadania Tributária – ICT e da Associação Paulista de Estudos Tributários – APET. Professor e palestrante em diversos cursos e seminários de direito tributário, societário e contabilidade. Possui larga experiência com consultoria, contencioso e planejamento nas áreas tributária, contábil e societária, adquiridos nas maiores empresas de auditoria externa do mundo (Big Four) e em conceituados escritórios de advocacia do Brasil, tendo atuado também em grandes corporações empresariais multinacionais dos setores: automobilístico, de alimentos e financeiro. Sócio do escritório Mussi, Sandri e Pimenta Advogados.

Compensação, restituição e o PERDCOMP

  • restituição;
  • ressarcimento (IPI, PIS/COFINS);
  • compensação de ofício (conta-corrente, DAU, PAES, REFIS, PAEX, débitos previdenciários);
  • compensação espontânea pelo contribuinte (administrativa e judicial);
  • compensação não homologada e não declarada - recursos administrativos;
  • certidão negativa de débito - obtenção da certidão positiva com efeitos de negativa;
  • modelos alternativos do uso de créditos (cessão, transferências, precatórios) para quitar dívidas tributárias;
  • Prescrição - Prazos para recuperação;
  • Aspectos operacionais nas rotinas fiscais (DCTF, PER/DCOMP).

15h50 às 16h - Perguntas e Comentários

16h às 16h20 - Coffe break

16h20 às 17h40

- Paulo Cesar Butti Cardoso
Graduou-se em direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e é pós-graduando pelo Curso de Especialização em Direito Tributário Internacional do Instituto Brasileiro de Direito Tributário (IBDT).É membro da Ordem dos Advogados do Brasil e sua prática concentra-se na área do direito tributário, consultivo, contencioso e planejamento. Advogado do escritório Lilla, Huck, Otranto e Camargo Advogados.

Medidas judiciais que podem ser promovidas em caso de demora ou recusa na análise do pedido apresentado por meio do PERDCOMP

  • posição dos Tribunais sobre a matéria compensação;
  • medidas judiciais passíveis de serem ajuizadas em caso de demora na análise do pedido de compensação, restituição ou ressarcimento;
  • tutelas de urgência no processo tributário (cautelares e liminares, liminares em sede de tutela antecipada, etc.);
  • o uso do mandado de segurança: benefícios e riscos.
  • é possível compensar tributos federais (PIS, COFINS, CSLL, IRPJ, IPI, etc) com contribuições previdenciárias (INSS)?
  • Casos práticos.

17h40 às 17h50 - Perguntas e comentários

Encerramento.

Coordenação acadêmica

- Mauro Scheer Luís
Bacharel em direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, com formação em PNL - Programação Neurolinguística - pela Sociedade Brasileira de Programação Neurolinguística (SBPNL), tendo participado de cursos e treinamentos de formação executiva na Alemanha e na Inglaterra. Cursou módulo de especialização em direito tributário no IBET - Instituto Brasileiro de Estudos Tributários, instituto complementar à USP. Cursou módulos de MBA em excelência gerencial pela FAAP. Cursando pós-graduação em direito societário pela Fundação Getúlio Vargas/SP, e MBA em empreendedorismo e inovação pela B.I. International / Berkeley University of California. (Estados Unidos), Babson Executive Education(Estados Unidos) e Shanghai Jiao Tong University (China). Membro da Ordem dos Advogados do Brasil (Secção São Paulo), da AASP - Associação dos Advogados de São Paulo e da APET - Associação Paulista de Estudos Tributários, autor de diversos artigos. Foi membro da comissão de cooperativismo da OAB-SP. Participa de reuniões de comitês técnicos na Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos (Amcham) e Câmara Brasil-Alemanha (AHK). É advogado sócio-fundador de Scheer & Advogados Associadose coordenador acadêmico de instituição de ensino executivo.

* Inclusos : material de apoio (certificado, crachá e apostila) e um coffee break.

Realização

  • Central Prática Educação Corporativa

__________

Ganhadores :

  • Anderson Adriano Moraes
  • Guilherme Souza

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

TELEFONE

(11) 3257-4979

e-mail

contato@centralpratica.com.br

ou

Clique aqui

Publicado segunda-feira, 15 de outubro de 2012