Encerrado


Seminário

Compliance em Instituições Financeiras

Como cumprir as leis, atender aos clientes e manter a eficiência operacional

  • Data: 12/2
  • Horário: 8h30 às 18h
  • Local: Mercure Paulista Hotel - Rua São Carlos do Pinhal, 87 - São Paulo - SP

Apresentação

Cada dia aumenta a necessidade dos bancos de se responsabilizarem pelo cumprimento das regras estabelecidas pelo Banco Central (Bacen) e por agências reguladoras, sem prejudicar desnecessariamente o atendimento aos clientes e, ao mesmo tempo, manter a eficiência dos processos operacionais da instituição.

Por conta desta preocupação, cresce também a necessidade de manter um Departamento de Compliance bem estruturado e devidamente preparado para cumprir as diversas exigências impostas às instituições financeiras.

Uma discussão importante neste momento é a implementação da Resolução 3380 do Bacen, que trata dos riscos operacionais, fundamental para adequar corretamente o acordo da Basiléia no país. Além disso, o cumprimento de todos os artigos da Lei Sarbanes-Oxley (SOx) é essencial para que os bancos possam apresentar maior transparência nas suas operações e, assim, prevenir-se de problemas de fraude.

Atualmente, surge nas instituições financeiras a necessidade de cumprir o Código de Defesa do Consumidor (CDC). O CDC passou a ser um pilar importante sobretudo após uma decisão recente do Supremo Tribunal Federal (STF), que reafirmou a validade do Código para as empresas do ramo. O acórdão da decisão já foi publicado, obrigando os bancos a cumprirem a legislação. As leis trabalhistas sempre foram um dos pontos críticos, e ganharam importância para minimizar o número de processos contra os bancos - principalmente ações de assédio moral.

O objetivo deste seminário é discutir soluções e propor métodos eficazes para cumprir as normas, resoluções e leis. Os palestrantes vão responder a questões-chave, como:

  • Quais os pontos críticos de Basiléia e Sarbanes-Oxley e como cumprir as suas determinações
  • Como estruturar um Departamento de Compliance eficiente
  • Como prevenir crimes de lavagem de dinheiro, sem comprometer o atendimento ao cliente
  • Os desafios do Código de Defesa do Consumidor (CDC) e da legislação trabalhista

Programação

8h30 Recepção e credenciamento

9h Compliance em instituições financeiras

  • Histórico e os desafios atuais
  • O impacto da lei Sarbanes-Oxley nos bancos
  • Como manter a eficiência do Departamento de Compliance

-Maria da Penha Fernandes da Cruz
Diretora-adjunta da Subcomissão de Controles Internos e Compliance da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) e superintendente de Compliance do Unibanco

-Jorge Nemr
Advogado, sócio-sênior do escritório Leite, Tosto e Barros Advogados Associados, formado pela Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). É especialista em direito administrativo, comercial e internacional

10h40 Coffee break

11h Gestão de riscos

  • Basiléia II: Risco operacional e a Resolução 3380

-Carlos Fagundes
Diretor da Integral-Trust, engenheiro pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduado pela Harvard Business School

-Francisco Camargo
Diretor e conselheiro da Associação dos Profissionais de Risco (Aprisco) e da Associação Universitária Internacional (AUI). É engenheiro pela Escola Politécnica da USP

12h30 Almoço

14h As Instituições financeiras e as leis de consumo

  • Como evitar o descumprimento do Código de Defesa do Consumidor (CDC)

-Maria Inês Dolci
Coordenadora institucional da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste)

14h40 Compliance e lavagem de dinheiro

  • Como cumprir as determinações do Coaf sem comprometer a eficiência operacional

-Paula Regina Peres Coppini
Advogada,pós-graduada em direito constitucional pela Escola Superior de Direito (ESD) e pós-graduanda em Gestão e Negócios pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Trabalha na área de compliance e prevenção ao crime de lavagem de dinheiro desde 2001

16h Coffee break

16h20 Os problemas no cumprimento da legislação trabalhista

  • CLT: os pontos críticos que geram mais ações contra os bancos

-Luís Carlos Moro
Advogado, sócio do escritório Moro e Scalamandré Advocacia e ex-presidente da Associação dos Advogados Trabalhistas de São Paulo (AAT/SP)

17h Estudo de caso: Banco ABN/Amro

  • Como atingir uma gestão eficiente para o Departamento de Compliance

-Luís Fernandes
Superintendente de Compliance do Banco ABN/Amro Real e diretor-técnico do Comitê de Compliance da Associação Brasileira de Bancos Internacionais (ABBI)

18h Encerramento

Investimento

R$ 1.680,00 até dia 5/2
-
R$ 1.870,00 após o dia 5/2

*Inscrições ( Vagas Limitadas )

**Inclusos: os custos de material, coffee break, almoço e estacionamento

Realização

  • InterNews Com.Emp. e Editora

___________
Ganhadora:

  • Rossane Marina Fróes Saltori, advogada do Santander Banespa

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

TELEFONE

0800-177 707 /(11) 3751-3430

ou

Clique aqui

Publicado segunda-feira, 22 de janeiro de 2007