Jobim

22/9/2005
Helio Saboya – escritório Motta, Fernandes Rocha - Advogados

"Realmente, o Brasil tem uma Justiça complicada. Ou, pelo menos, o Rio Grande do Sul. De repente se tem notícia (Migalhas 1.257 – 21/9/05 – "Fim, Jobim!") de 60 juízes gaúchos (sessenta! mas, graças a Deus, longe de ser todos) dando um ultimato ao Ministro Jobim para ele se definir desde logo se tem a intenção de concorrer à Presidência da República.  E rotulam a imprensada pública em 'Manifesto pela Ética'! É demais.  O melhor que fariam era acelerar as respectivas sentenças e acórdãos.  Não há qualquer razão, moral ou jurídica, para se pedir a qualquer pessoa, seja Presidente do STF ou escrevente de um Cartório que revele publicamente propósito (real ou não, pouco importa) de concorrer a cargo político, seja qual for. 'Escárnio' e 'acinte a Constituição da República' é o tal manifesto. É como penso."

Envie sua Migalha