Precatórios

21/2/2006
Alexandre Thiollier - escritório Thiollier Advogados

"A proposta de corrigir-se os precatórios sem os juros compensatórios caberia muito bem dentro do duto do Lula-PT-Valerio-Roubo, ou como na música dos Titãs : canalha, filho ...  ladrão ... Jobim, Renan , vocês têm que ser fuzilados, canalhas, filhos ..., ladrões ... Quando falo do Presidente, digo do Colegiado. A Classe Média quer sangue dos ladrões de plantão ... Onde já se viu, é o quinto roubo e este, pasmem advogados cúmplices, pasmem, cúmplices, vocês são covardes desenhados pela pena desse canalha cujo codinome é Bim, e não Laden, mas cuja rima é pobre e termina com FIM e assim ... Rebelem-se, advogados, rebelem-se dirigentes do nada, do não ser, do Conselho Federal, das Seccionais, dos dirigentes de bairros, aos covardes das ruas, às ruas...  Contra mais esse assalto de vagabundos com ou sem togas ... Roubados unidos, jamais serão vencidos... È roubo,  viva os Titãs, canalhas, filhos ..., ladrões etc. etc. Viva a Democracia da pena de morte contra os que roubam o povo ! Morra enfim, ladrão de jogo-bim !!!"

Envie sua Migalha