sábado, 31 de julho de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. OAB propõe suspensão do trâmite do novo CP
Descontentamento

OAB propõe suspensão do trâmite do novo CP

De acordo com Ophir Cavalcante, "é necessário um tempo maior para uma análise do projeto".

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

O presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcante, vai enviar ofício ao presidente do Senado, José Sarney, solicitando a suspensão do trâmite do projeto do novo CP, em discussão na casa. De acordo com Ophir, "é necessário um tempo maior para uma análise do projeto, pois não queremos que o código, ao invés de cumprir o seu relevante papel social, acabe se tornando um instrumento de injustiças".

Os membros da comissão de juristas designada pela OAB para acompanhar as discussões em torno do novo código, conforme o presidente da entidade, concordam que muitos dispositivos aprovados contêm imperfeições técnicas que podem comprometer o devido processo legal. "Como entidade que possui compromisso histórico com as garantias individuais, as liberdades e o amplo direito de defesa, a OAB se sente autorizada a pedir a suspensão para que possamos melhor refletir sobre o assunto", disse.

Recentemente, entidades jurídicas, advogados, magistrados, juristas e estudantes de Direito têm se manifestado contra o PL 236/12. No dia 11 deste mês, o Seminário Crítico da Reforma Penal, realizado pela Emerj, demonstrou o descontentamento do meio jurídico com o novo texto. Especialistas da área penal consideram o projeto fraco sob vários aspectos.

Na última segunda-feira, 24, associações realizaram um ato na Faculdade de Direito da USP para promover a reflexão crítica sobre o projeto do novo CP. O ex-ministro da Justiça Miguel Reale Júnior, um dos articuladores do movimento, afirmou recentemente que a proposta "não tem conserto" e pediu seu "sobrestamento" em um manifesto que já recolheu mais de três mil assinaturas.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 27/9/2012 08:57