terça-feira, 13 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Provimento 17/13

TJ/SP adia decisão sobre provimento que autoriza cartórios a realizarem conciliação

O decano Walter de Almeida Guilherme pediu vista e um novo julgamento deve ocorrer dentro de aproximadamente dez dias.

sábado, 24 de agosto de 2013

O Conselho Superior da Magistratura do TJ/SP adiou decisão sobre o provimento 17/13, que autoriza cartórios a realizarem mediação e conciliação. O presidente da OAB/SP, Marcos da Costa, e o presidente da AASP, Sérgio Rosenthal, juntamente com diretores e conselheiros da Ordem Antonio Ruiz Filho, Arystóbulo Freitas, Braz Martins Neto e Marcio Kayatt acompanharam a sessão de julgamento nesta sexta-feira, 23, às 14h, na presidência do TJ.

No início da sessão, o advogado Clito Fornaciari Júnior fez a sustentação do requerimento impetrado pela OAB/SP, AASP e IASP e, na sequência, o corregedor-Geral José Renato Nalini defendeu a manutenção do provimento, de sua autoria, que entra em vigor no próximo dia 5.

O desembargador Samuel Alves de Melo Júnior, presidente da Seção de Direito Público, apresentou voto divergente, acolhendo a tese das entidades representativas da advocacia. Segundo Clito, o voto acatou ponderações apresentadas no requerimento e trouxe outros aspectos, demonstrando uma visão lúcida do problema.

O decano Walter de Almeida Guilherme pediu vista e um novo julgamento deve ocorrer dentro de aproximadamente dez dias. Participaram da sessão do CSM, presidida pelo desembargador Ivan Sartori, o vice-presidente do TJ, Gonzaga Franceschini; o presidente da Seção de Direito Privado, Silveira Paulilo e o presidente da Seção Criminal , Tristão Ribeiro.

____________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 24/8/2013 13:02

LEIA MAIS