domingo, 26 de setembro de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Cia aérea não terá de indenizar por cancelamento de voo sem comprovação de danos
Aéreo

Cia aérea não terá de indenizar por cancelamento de voo sem comprovação de danos

A decisão é do 6º JEC de Lagoa/RJ.

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Passageiro que teve o voo cancelado e foi realocado no mesmo dia não será indenizado por companhia aérea. A decisão é da juíza de Direito Livia Mitropoulos Esteves Dias, do 6º JEC de Lagoa/RJ. Para a magistrada, não houve comprovação de danos.

t

O autor da ação alegou, em síntese, falha na prestação de serviço internacional. Sustentou que descobriu o cancelamento por terceiro e para que não perdesse o retorno ao país, onde tinha compromisso, antecipou seu voo em 13 horas com alteração de rota. Por isso, requereu indenização por danos morais.

Em sede de contestação, a companhia alegou caso fortuito e inexistência do dever de indenizar, já que, segundo a empresa, o autor não demonstrou qualquer dano minimamente comprovado.

Ao analisar o caso, a juíza considerou que não há prova mínima de fato capaz de causar efetiva lesão aos direitos da personalidade em razão da antecipação do voo por 13 horas ou alteração de rota.

Sendo assim, julgou o pedido improcedente.

A empresa aérea é representada pelo escritório Albuquerque Melo Advogados, em processo de responsabilidade dos advogados João Roberto Leitão de Albuquerque Melo e Thatyana Vasques, com o auxílio da estudante de Direito Rayssa Gomes.

Veja a decisão.

_______

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 17/9/2020 08:51