quarta-feira, 21 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Como captar clientes no Direito Previdenciário

Confira texto de Guilherme Barbosa, CEO da 3MIND.

sexta-feira, 16 de outubro de 2020

(Imagem: Pixabay)

(Imagem: Pixabay)

Desde a aprovação da Reforma da Previdência em outubro de 2019 as buscas por assuntos relacionados a aposentadoria no Brasil estão crescendo.

Em agosto de 2019 foi registrado um aumento de 54% nas buscas relacionadas a aposentadoria no país e o número continua subindo, isso porque a reforma mudou inúmeras regras que impactam diretamente na solicitação do pedido de aposentadoria, tanto para quem já estava para se aposentar, com as regras de transição, quanto para quem está entrando no mercado de trabalho e já pretende iniciar um planejamento previdenciário, garantindo o melhor benefício no futuro.

Com isso os advogados previdenciaristas se tornaram fontes de informação para muitas pessoas que desconheciam seus direitos e por isso acabavam tendo pedidos de aposentadoria negados ou se aposentando com um valor inferior ao que teriam direito.

No 3MINDCAST (podcast da 3MIND) uma entrevista com um dos maiores escritórios de direito previdenciário do Brasil exemplifica como o conteúdo jurídico de qualidade pode ajudar advogados a captar clientes no Direito Previdenciário. Com uma estratégia de marketing jurídico totalmente voltada para o ranqueamento na primeira página do Google o escritório conseguiu mais de 5 milhões de acessos no site e uma média de 120 novos contatos por dia.

Neste artigo vamos mostrar um passo a passo de como produzir um conteúdo jurídico voltado para o público-alvo do Direito Previdenciário, desde a escolha das palavras-chaves para melhor ranqueamento no Google até os segredos por trás das técnicas de SEO para textos e para a otimização técnica do site do advogado.

Entenda a escolha da palavra-chave no Direito Previdenciário

Para iniciarmos a pesquisa de palavra-chave é preciso ter um termo de partida, nesse exemplo escolhemos "aposentadoria por idade", isso porque essa modalidade foi uma das mais afetadas pela Reforma da Previdência e tem gerado muitas dúvidas nos usuários, principalmente relacionadas as regras de transição.

Entre as mais de 1728 palavras-chave (formas de pesquisa diferentes) identificadas pelo público-alvo, destacamos algumas das 10 mais comuns e com melhor potencial de resultado a partir da palavra-chave: aposentadoria por idade.

1) Aposentadoria por tempo de contribuição;

2) Aposentadoria por tempo de serviço;

3) Aposentadoria por idade 2020;

4) Novas regras para aposentadoria;

5) Tenho 55 anos posso me aposentar por idade;

6) Regras de transição aposentadoria;

7) Tenho 60 anos posso me aposentar por idade;

8) Aposentadoria por idade e tempo de contribuição;

9) Aposentadoria por idade urbana;

10) Tenho 25 anos de contribuição posso me aposentar;

Você perceberá que muitas das palavras guardam relação com a mesma intenção do usuário, e justamente a partir das semelhanças de pesquisa, o algoritmo do Google nos fornece o termo mais comum e utilizado entre os mesmos.

Em uma simples analogia, é como acontece em e-commerces como Amazon e Mercado Livre quando estamos comprando algo e somos surpreendidos com a seguinte mensagem "Os usuários que compraram este produto, também compraram estes outros".

Resultado a partir da palavra-chave

Observe no print abaixo o resultado de pesquisas relacionadas ao utilizar a palavra-chave "aposentadoria por idade", são inúmeras combinações de palavras-chave utilizadas nas pesquisas.

Estimativa de tráfego total (palavras relacionadas acima) - 571.330

Estimativa de tráfego para um escritório posicionado na 1ª página de forma orgânica:

De 2,8k (última posição na 1ª página) a 11,9k (2ª posição - nessa palavra a 1ª posição é do INSS).

Atenção - observe pelo print acima que o volume total se refere especificamente a combinação de palavras-chave: aposentadoria por idade. Pequenas variações na combinação das palavras-chave poderão interferir para mais ou para menos neste resultado. Outra variação ocorre pelo posicionamento do seu site na 1ª página, lembrando que os primeiros recebem o maior tráfego.

A metodologia aplicada acima para exibição da perspectiva de tráfego, consiste na utilização de ferramentas para análise de tráfego de sites concorrentes, verificando o volume de acesso da primeira e da última posição organicamente, ou seja, sites que não estão pagando para aparecer na 1ª página.

Estimativa conservadora de contatos mensais (site na 1ª página) - 140 a 595 (até 5%)

Diversos fatores podem influenciar na perspectiva de resultado, entre eles, destacamos o chamado "senso de urgência" que leva o usuário a tomar uma ação imediata ou não sobre o problema e, principalmente, a experiência do usuário ao ler seu conteúdo - quanto mais se conectar com o problema do usuário, maiores serão suas chances de contato.

Estimativa de conversão em negócios para o escritório - o resultado poderá variar de acordo com a característica comercial do escritório, alternando também pela origem dos clientes e a possibilidade de fechar contratos jurídicos com clientes de outros estados. Exemplo: clientes da sua Cidade (mais facilidade de conversão), outros estados (menor conversão).

Como funciona no Google Ads?

A lógica financeira do Google Ads se assemelha ao funcionamento de um leilão e, de forma bastante resumida, quem oferecer o maior lance pela palavra-chave, leva! Mas, na prática, outros fatores também podem influenciar no valor cobrado pela ferramenta, incluindo a sua localização, qualidade do anúncio e a experiência do usuário em seu site.

Na prática, advogados em grandes Capitais como São Paulo e Rio de Janeiro, sofrerão com o leilão já inflacionado em suas regiões (oferta x demanda), podendo atingir até (R$ 38,00) 1 (um) único clique pela palavra-chave Advogado Empresarial.

Neste caso, calculando hipoteticamente o custo do tráfego dos sites posicionados na 1ª e na última posição orgânica (10ª posição da página), considerando o custo de (R$ 1,00) por clique, um escritório NÃO posicionado organicamente teria que desembolsar a seguinte quantia:

1ª posição no Google - R$ 11.900,00/mensais;

10ª posição no Google - R$ 2.800,00/mensais;

O posicionamento orgânico é um dos motivos de crescimento acelerado para diversos escritórios de Advocacia que enxergaram o potencial do Google ao iniciar suas ações de Marketing Jurídico.

Se você não puder esperar para obter um resultado orgânico, conte com os especialistas da 3MIND para aprender através dos nossos cursos ou para que a nossa equipe gerencie suas campanhas.

O papel do SEO nos resultados orgânicos do Google

Você já deve ter ouvido falar no Search Engine Optimization, ferramenta que tem como objetivo otimizar os conteúdos digitais para facilitar a leitura do robô do Google e com isso aumentar as chances do ranqueamento na primeira página do buscador.

Na metodologia desenvolvida pela 3MIND e exemplificada em detalhes no curso Rumo ao Topo do Google, dividimos o SEO em duas técnicas distintas:

  • SEO de conteúdo: usado para melhorar a leitura do robô do Google e do usuário da internet. O SEO do Google está sempre mudando e tem mais de 200 técnicas relacionadas a ele. Para facilitar a vida dos advogados e redatores jurídicos separamos algumas técnicas indispensáveis para a produção de um conteúdo que pretende ranquear de forma orgânica.

1. O título ou H1 deve ter até 65 caracteres e deve conter a palavra-chave escolhida para o ranqueamento de busca. Por exemplo, em um texto com foco na palavra-chave "aposentadoria por idade" o título pode ser: "Tudo o que você precisa saber sobre aposentadoria por idade". Dica: se o redator ou advogado achar necessário é possível produzir um título externo com mais informação e com uma frase que chame mais a atenção do usuário.

2. A palavra-chave também deve aparecer no primeiro parágrafo do texto, reforçando sua presença no conteúdo. Por exemplo, em um texto sobre "aposentadoria por idade" o redator pode começar o conteúdo da seguinte forma:

"A aposentadoria por idade foi uma das mais afetadas pela Reforma da Previdência, por isso tem causado muitas dúvidas dos segurados do INSS. Veja neste artigo o que mudou nesta modalidade e como solicitar o benefício da maneira correta."

3. Os intertítulos ajudam a dividir o conteúdo e quando colocados em um sumário garantem que o usuário consiga achar o que está procurando com maior facilidade, melhorando a experiência do leitor e também do robô do Google. Os intertítulos podem ser classificados como: h2, h3, ha, h5, h6 e assim por diante, de acordo com a importância de cada tópico para o texto. Dica: o conteúdo só pode ter um H1, mas os demais inter-títulos podem ser repetidos nas outras categorias.

4. Parágrafos curtos também ajudam a melhorar a experiência de leitura, tanto do usuário de internet quanto do robô do Google. Muitos redatores jurídicos usam o recurso de perguntas e respostas para deixar o texto mais dinâmico. Por exemplo:

"Você sabe o que é aposentadoria por idade?

A aposentadoria por idade é uma modalidade que tem como base a idade mínima para homens e mulheres solicitarem o benefício da aposentadoria.

Neste artigo você vai entender como essa modalidade da aposentadoria foi afetada pela Reforma da Previdência."

5. Lembre-se de estruturar o conteúdo jurídico com uma ordem lógica que facilite o entendimento do usuário da internet. Uma boa dica é pesquisar os sites da concorrência que já estão ranqueados na primeira página do Google e dar uma olhada em como eles estruturam os conteúdos.

Mas atenção: não vale copiar, pois o plágio além de ilegal é penalizado pelo Google. Inspire-se na concorrência e desafie-se a produzir um conteúdo ainda melhor. Essa técnica de marketing digital para advogados é conhecida como Skyscrapper.

6. Ao final do conteúdo jurídico sempre coloque um call to action.

Call to action é uma técnica de marketing que tem como objetivo levar o usuário a iniciar uma ação. No marketing jurídico o objetivo é iniciar o contato do usuário com o escritório de advocacia ou diretamente com o advogado por meio de um plug-in de WhatsApp, telefone comercial ou e-mail.

Em um texto sobre "aposentadoria por idade" um exemplo de finalização com call to action pode ser:

"Depois de ler este artigo você ainda tem alguma dúvida sobre a aposentadoria por idade? Entre em contato conosco, será um prazer ajudá-lo."

Cuidado: o call to action nunca pode estar "literalmente" vendendo o serviço do advogado, não deve conter valores ou incitar o usuário a entrar com uma ação judicial. Isso caracteriza mercantilização da profissão do advogado, que é vetada pelo Código de Ética da OAB e pode acarretar multa para o escritório de advocacia.

SEO técnico: usado para melhorar a experiência digital do usuário. O SEO técnico deve ser supervisionado por um especialista em HTML, uma vez que requer alguns itens que só podem ser acessados na parte interna do site, ou seja, via código.

Entre as principais necessidades do SEO técnico que o advogado deve se preocupar estão:

1. Rapidez no carregamento do site tanto no desktop quanto no mobile. (Máximo de 5 segundos).

2. O site deve ter fácil acesso tanto em computadores quanto em smartphones.

3. Arquitetura responsiva que ajude a melhorar a leitura do Google, para isso é necessário ter URLs objetivas em todas as páginas do site.

Por exemplo: em um post sobre "aposentadoria por idade", a URL deve ser: nome-do-site-blog-aposentadoria-por-idade

4. As imagens também facilitam a leitura do Google: devem ser menores de 1200Mb, salvas em formato JPG ou PNG, nomeadas de acordo com o tema do post e com uma legenda (ALT + text) para cego ver.

No post sobre aposentadoria por idade a imagem deve ser salva com o nome: aposentadoria-por-idade e na legenda também deve conter a palavra-chave.

Por exemplo: Advogado previdenciarista faz consulta sobre aposentadoria por idade.

5. Uma das exigências do Google e de outros buscadores para ranquear páginas na internet é ter um certificado de segurança digital.

Para ver a lista completa de SEO técnico para advogados clique aqui!

Agora que você já entendeu a importância na escolha da palavra-chave para os resultados de marketing jurídico com foco no ranqueamento orgânico do Google e já sabe como começar um conteúdo jurídico otimizado para SEO, já é possível captar clientes no direito previdenciário. Mas e nas outras áreas do direito?

Como as pessoas pesquisam por soluções jurídicas nas outras áreas do direito?

No Canal do Youtube da 3MIND existem diversos vídeos que mostram o passo a passo para captar clientes em diversas áreas do direito. Sempre seguindo a lógica dos melhores resultados de ranqueamento com base em palavras-chaves específicas de cada uma das áreas do direito.

A 3MIND desenvolveu a metodologia de marketing jurídico com objetivo de ranqueamento na primeira página do Google depois de acertar e errar muitas vezes em diversas estratégias de marketing digital implantadas em mais de 150 escritórios de advocacia em todo o Brasil.

Para entender melhor o que é o marketing jurídico e como ele pode alavancar os negócios do seu escritório de advocacia, inscreva-se no curso gratuito Marketing Essentials, um resumo de marketing jurídico que todos os advogados devem saber antes de começar a divulgar seus serviços na internet!

 

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 16/10/2020 11:15